Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Daimler desvaloriza presença da Google na indústria automóvel

google_driverless_car_exhibit_ap

Nos últimos anos, os fabricantes e as empresas de Silicon Valley estão cada vez mais independentes no que diz respeito à produção de automóveis, uma vez que os modelos de última geração dependem somente de software avançado.

A intervenção da Google no sector automóvel já está a provocar reacções nos fabricantes e fornecedores, como é o caso da Daimler que reconhece que a empresa pode revolucionar o segmento, mas lembra que não é um produtor de carros. “As empresas de tecnologia como a Google não são susceptíveis de se tornarem fabricantes de automóveis em massa, mesmo que tenham o potencial de perturbar uma indústria cada vez mais focada em software e condução automatizada.”, afirma Dieter Zetsche o CEO do grupo alemão.

O presidente-executivo da Daimler acredita que a Google ao fabricar o seu carro autónomo não pretende tornar-se um fabricante, mas sim perceber como o mercado funciona.

A Daimler, dona da marca Mercedes-Benz, irá apostar este ano na segurança dos seus passageiros a nível tecnológico como o caso dos dados pessoais. Contudo, este controlo está comprometido, uma vez que é feito de origem pela própria Google.

 

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
.PT promove talento feminino no sector da tecnologia
Marketeer
Primeiro Brand Storytelling da Auchan é português