Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Terceira geração S-Max traz novo motor e design mais aguerrido

[easingslider id=”7813″]

 

A terceira geração do monovolume S-Max chega a Portugal entre Junho e Julho, com novas linhas mais desportivas, tanto por dentro como por fora, assim como com um novo bloco1.5 EcoBoost a gasolina e motores diesel 2.0 TDCi revistos.

No exterior, destaque para os faróis LED prolongados que contribuem para uma maior iluminação em curvas e para a grelha trapezoidal elevada em relação à geração anterior. Com um design mais “desportivo, diferente e premium”, segundo Claudio Messale, responsável pelo design exterior da Ford Europe, este S-Max pretende ser mais aerodinâmico, apesar de manter a linha das gerações anteriores.

No interior, a intenção desportiva permanece com apontamentos em crómio mate e volante em pele, assim como bancos com aquecimento/arrefecimento e massagem. O sistema multimédia Sync, herdado do novo Ford Mondeo, está incorporado num ecrã de oito polegadas. Este modelo conta ainda com abertura em mãos livres da bagageira, assim como a possibilidade de rebater os bancos da segunda e terceira filas, registando a maior capacidade de carga dentro da sua classe.

Em termos de segurança, destaque para a câmara frontal de 180º, com auto limpeza incorporada, assim como para as luzes adaptativas e o sistema inteligente de adaptação de velocidade que lê os sinais de trânsito ajustando a velocidade em relação a essa leitura. Assistência pré-colisão, sensores de ajuda ao estacionamento perpendicular ou alerta de trânsito cruzado são outros dos sistemas que estão disponível neste S-Max.

Mecanicamente, a terceira geração do monovolume está disponível com dois blocos diesel ou dois blocos gasolina. O motor diesel 2.0 TDCi debita 120 Cv, com transmissão manual de seis velocidades, enquanto o revisto de 2.0 TDCi debita entre 150 e 180 Cv, estando disponível com transmissão manual ou automática PowerShift de dupla embraiagem. A escolha entre as motorizações gasolina divide-se entre o novo motor EcoBoost de 1.5 litros e 160 Cv, com transmissão manual de seis velocidades, e o bloco 2.0 EcoBoost de 240 Cv, com transmissão automática.

O novo Ford S-Max, que compete no mesmo segmento que automóveis como o Renault Espace, o Volkswagen Sharan ou o Seat Alhambra, vendeu no ano passado 315 unidades em Portugal, um crescimento de 32,4% em relação ao ano anterior. Este é o terceiro modelo mais vendido no nosso país, representando para a Ford 5,6% do mercado nacional.

 

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
.PT promove talento feminino no sector da tecnologia
Marketeer
Primeiro Brand Storytelling da Auchan é português