Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Ford lança facelift da pick-up Ranger

ford-ranger-iii-1

A Ford revelou o facelift da pick-up Ranger, com um novo design e novidades a nível mecânico e de equipamento, que chegará ao mercado português no início de 2016. Apresentado na Tailândia, este Ford é, esteticamente, inspirado no recém lançado Everest, com uma parte frontal suavizada de forma a ganhar traços mais elegantes. Os faróis são rectangulares, o pára-choques mantém protecções inferiores e, em alguns níveis de equipamento, é possível adicionar elementos cromados como os espelhos laterais.

No interior, destaque para o novo aspecto do habitáculo, com traços menos ligados aos veículos comerciais, alteração proporcionada pelo painel de instrumentos de leitura fácil e um sistema multimédia inserido num ecrã táctil de oito polegadas, que pode incluir sistema de navegação e câmara traseira, como equipamento de opção.

A nível de segurança, este facelift do Ranger apresenta elementos como o detector de objectos em ângulo morto, alerta de mudança de faixa involuntário, sensores de estacionamento frontais e traseiros, cruise control, entre outros.

Este Ford, disponível com transmissão manual ou automática de seis velocidades, pode vir equipado com três blocos Diesel, sendo que a gama de motores começa no 2.2 TDCI, com 130 ou 160 Cv e acaba no 3.2 TDCI Duratorq que debita 200 Cv de potência. Em alguns países, esta pick-up estará também disponível com um motor de gasolina de 2.5 litros, com 164 Cv de potência. A revisão da suspensão e da direcção assistida, agora eléctrica, traduzem-se numa poupança no consumo na ordem dos 3%.

Em Portugal, foram vendidos 35 exemplares deste modelo, em 2014 menos dois que em 2013, representando 2,2 % das vendas de veículos comerciais ligeiros da Ford no mercado nacional.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Estas profissões vão desaparecer já a partir deste ano. Saiba se a sua é uma delas
Marketeer
Optimismo dos consumidores portugueses acima da média europeia