Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Jeremy Clarkson oficialmente fora do Top Gear

Depois de muita especulação e algumas petições a solicitar o perdão a Jeremy Clarkson, a BBC acaba de confirmar que o célebre apresentar do programa de automóveis, Top Gear, foi mesmo despedido.

A não renovação do contracto de Clarkson deve-se, como se tem falado, ao incidente protagonizado entre e um dos produtores do programa, Oisin Tymon, que culminou em agressões verbais e fisícas por parte do apresentador inglês, que levaram mesmo o produtor a ter de visitar um hospital.

O evento ocorreu num hotel escocês, onde Jeremy Clarkson se terá insurgido contra o facto de não lhe terem servido uma refeição quente.

Na declaração hoje prestada, o director-geral da BBC afirmou que a decisão de despedir Clarkson não foi tomada de ânimo leve e que dividiu muitas opiniões entre todos aqueles com poder de decisão, mas que o gigante de media britânico não pode ser conivente com estes comportamentos, considerando mesmo que foi ultrapassada uma linha.

Apesar da saída do mais famoso dos seus apresentadores, o programa de televisão continuará a ser emitido, mas não se sabe ainda se James May e Richard Hammond continuarão a dar a cara pelo canal inglês, até porque os seus contractos terminam no final do ano. Para já, a principal preocupação dos responsáveis da BBC passa por encontrar uma solução para emitir os três últimos episódios da actual temporada.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
.PT promove talento feminino no sector da tecnologia
Marketeer
Primeiro Brand Storytelling da Auchan é português