Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Ford evolui design dos interiores através de pesquisas inovadoras

Procurando perceber como funciona a lógica de percepção dos seus clientes, a Ford está a trabalhar com novos métodos de investigação e de medição, bem como com ferramentas de elevado cariz tecnológico, para recolher perspectivas em termos de lógica e emocionais dos seus clientes, apreendendo o modo como as pessoas descobrem novos veículos em termos visuais. No conjunto de novas técnicas incluem-se a monitorização do movimento ocular, medições de alcance visual e biometria.

“Os interiores dos veículos têm registado uma das maiores evoluções na história do automóvel dos últimos anos,” começa por referir Raj Nair, Vice-Presidente do Grupo para o Desenvolvimento Global de Produto da Ford Motor Company. “Não só apresentámos um conjunto de novas e muito úteis tecnologias nos nossos automóveis e veículos comerciais, como também estamos a evoluir de modo constante no emprego de melhores materiais, na concepção de projectos mais elaborados e no aumento de soluções ao longo do painel de instrumentos, desde os veículos topo de gama a modelos de entrada nos vários segmentos. Tudo isto leva a um foco em linguagens de design que não só transmitem as mensagens correctas, como também proporcionam uma experiência de utilização aprimorada”.

Os dados recolhidos nas pesquisas experimentais da Ford têm orientado a equipa de design da marca no processo de moldagem das melhores experiências possíveis para o cliente. Representa toda uma inovação no processo de design, bem como nas ferramentas utilizadas. As pesquisas irão continuar como primordiais no processo, enquanto as respostas dos clientes às cores, materiais e a qualquer outro elemento crítico irão ser avaliadas em clínicas específicas, numa fase posterior do processo.

O design interior do novo Ford GT

A Ford teve uma abordagem semelhante na concepção do interior do novo Ford GT, um superdesportivo que serve de montra tecnológica e eu faz apologia da performance EcoBoost, da aerodinâmica aprimorada e da aplicação de carbono para redução de peso. Primeiro identificaram-se os principais componentes do interior Ford GT, para, em seguida, se avançar com o design, introduzindo-se novos princípios orientadores e inovadoras soluções de design.

Na concepção do interior, os engenheiros da Ford apontaram em três direcções: funcionalidade para simplicidade de utilização, inovação e recurso a tecnologias avançadas mais compactas e intuitivas.

Desta forma, no novo GT, as tecnologias estão concentradas e organizadas em ilhas bem definidas e com uma lógica de ergonomia. Todas as funções essenciais estão ao alcance do condutor sem que este necessite de mover a posição das suas mãos. Além disso, procurou-se obter uma sensação de amplitude e de eficiência na construção do interior e do painel de instrumentos.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Hotéis InterContinental do Sul da Europa têm novo director comercial
Marketeer
Nestlé lança nuggets e hambúrgueres vegetarianos