Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Sucessor do Ferrari F12 será híbrido

ferrari f12

A questão ambiental continua a marcar a actualidade na indústria automóvel e mesmo as marcas mais orientadas para as altas performances não podem passar incólumes à necessidade de baixarem as emissões poluentes. A Ferrari, uma das mais emblemáticas marcas desportivas do mundo, tem em vista dois caminhos para tornar os seus modelos mais eficientes: a sobrealimentação e a aplicação de soluções híbridas.

A primeira já foi aplicada no California T e no recém-apresentado 488 GTB, ao passo que a segunda foi já colocada à prova – e bem – no superdesportivo LaFerrari, modelo que sucede ao Enzo, mas que alia motor eléctrico a um V12 a gasolina para um total de 963 cv de potência.

Ao que tudo indica, esse será também o caminho a seguir para o sucessor do F12 berlinetta, que manterá um V12 atmosférico, mas contará com o auxílio de uma unidade eléctrica, permitindo dessa forma baixar os consumos e as emissões poluentes. Ainda longe do horizonte da marca de Maranello estão os veículos puramente eléctricos, algo que parece ir de encontro aos genes históricos do emblema italiano.

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Neves de Almeida HR Consulting nomeia CEO
Marketeer
Renault testa serviço de carsharing com veículos autónomos