Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Citroën Aircross Concept antecipa futuro SUV da marca

mousse de alumínio muito absorvente. Trata-se de uma matéria oriunda do mundo dos desportos motorizados, que alia protecção, leveza e estética. Por outro lado, este concept estreia o Air Sign, assinatura cromada que sublinha o vidro traseiro e que deixa passar o fluxo de ar por um túnel, e as Air Curtains na frente, que mais não são do que extractores de passagem de ar das rodas dianteiras e traseiras. Também os espelhos retrovisores, com estilo afilado, participam de forma activa na aerodinâmica global do Aircross. O conjunto é intensificado por uma pintura exterior alaranjada, “símbolo de energia e de serenidade”, e por “materiais inovadores, evocando robustez e irreverência”. O interior foi igualmente pensado para oferecer um ambiente acolhedor e confortável, tanto para o corpo como para a mente. O conforto físico fica a cargo dos bancos largos e generosos, enquanto a aliança de tons claros e linhas simples amplificam a noção de funcionalidade e espaço, proporcionando maior tranquilidade. Segundo a marca, o Aircross Concept “retoma o tema das viagens, pela concepção dos espaços e pela utilização de cintas e correias num interior fresco e moderno, que convida a partir para a estrada sem hesitações e em grupo”. O Citroën Aircross dispõe, de igual modo, de dois ecrãs HD de 12’’, um dos quais móvel, para poder ser partilhado com o passageiro. Além disso, cada banco está equipado com altifalantes e microfones para facilitar as partilhas entre os passageiros. A inteligência tecnológica exprime-se, igualmente, pela escolha de uma motorização Hybrid Plug-In, que alia eficiência e alta performance. Técnica híbrida Este concept beneficia da tecnologia Plug-In híbrida associada a uma motorização a gasolina. A cadeia de tracção híbrida recarregável caracteriza-se pela implantação do motor elétrico ao nível do eixo traseiro, combinado com o motor térmico a gasolina /1.6 THP de 218 cv) na frente. A unidade eléctrica desenvolve uma potência de 95 cv e um binário de 200 Nm. Este motor eléctrico é alimentado por baterias de iões de lítio recarregáveis em apenas três horas e meia numa tomada de corrente doméstica (16 A). Graças ao motor eléctrico, o Aircross Concept pode circular em modo Zero Emissões, ou seja de forma totalmente eléctrica, com uma autonomia de 50 km, ou ainda nas estradas que exigem acelerações e desacelerações sucessivas, onde a hibridação permite limitar os consumos, recorrendo em simultâneo a ambas as energias. Em auto-estrada, o motor térmico assume o controlo. Em caso de forte solicitação do pedal do acelerador e de necessidade imediata de binário, uma função boost associa o binário do motor térmico ao do motor eléctrico e permite ao concept extrair 313 cv do conjunto sem penalizar os consumos (1,7 l/100 km e 39 g/km de CO2). A aceleração dos 0 aos 100 km/h é feita em 4,5 segundos.]]>

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
A sua empresa pode fazer sorrir crianças hospitalizadas. Saiba como.
Marketeer
Insectos comestíveis estão a ganhar terreno em Portugal