Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Audi desenvolve gasóleo ecológico

AT150279_cap O centro de desenvolvimento da Audi, em Dresden, na Alemanha, começou a produzir, em parceria com a Sunfire, uma empresa do ramo da energia, gasóleo neutro em CO2, a que deu o nome de Audi e-Diesel. A produção deste gasóleo mais ecológico é feita de acordo com o princípio de power-to-liquid (PTL), utilizando e energia verde para produzir um combustível líquido. As únicas matérias-primas necessárias são água e o dióxido de carbono. O CO2 utilizado é fornecido por uma fábrica de biogás, sendo que uma parte do CO2 necessário é extraído a partir do ambiente, por meio da captura directa de ar. Reiner Mangold, director de desenvolvimento de produtos sustentáveis na ​​Audi, olha para o Audi e-dieselcomo um componente importante que complementa a mobilidade eléctrica: “Ao desenvolver o Audi e-diesel, estamos a promover outro combustível com base em CO2, o que permitirá mobilidade de longa distância com menor impacto no clima. Usar o CO2 como matéria-prima representa uma oportunidade não apenas para a indústria automóvel na Alemanha, mas também para transferir o princípio a outros sectores e países.” A produção do Audi e-diesel envolve vários passos: em primeiro lugar, a água é aquecida para formar vapor, que divide em hidrogénio e oxigénio, por meio de electrólise de alta temperatura. Este processo, que ocorre a uma temperatura superior a 800 graus Celsius, é mais eficiente do que as técnicas convencionais de recuperação de calor. Posteriormente, o hidrogénio reage com o CO2, em reactores de síntese, sob pressão e a alta temperatura. O produto gerado com a reacção é um líquido feito a partir de compostos de hidrocarboneto. A eficiência do processo global – de energia renovável ​​para hidrocarboneto líquido – é muito alta, cerca de 70 por cento. Este combustível sintético é livre de enxofre e hidrocarbonetos aromáticos e o seu elevado valor de cetano significa que é facilmente inflamável. Como os testes de laboratório realizados na Audi têm demonstrado, é adequado para ser misturado com gasóleo fóssil ou, isoladamente, como combustível de uso directo.]]>

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Apresentações estratégicas dão mote a nova academia em Lisboa
Marketeer
O Apartamento conquista cinco novos clientes