Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Ford Mustang mais extremos com produção limitada a 137 unidades

ShelbyGT350R_02_HR Uma das novidades da Ford no passado Salão de Detroit, realizado em Janeiro naquela que foi em tempos conhecida como a cidade ‘motorizada’ dos Estados Unidos da América, o Shelby GT350R Mustang acabou por ser ligeiramente ofuscado pela apresentação do igualmente veloz GT. Mas, tendo levantado grande interesse entre os adeptos de modelos desportivos, a marca da oval anunciou que apenas serão produzidas 37 unidades do GT350 R em 2015. Desta forma, a Ford mantém uma aura de exclusividade bastante especial para o mais extremo dos Mustang. O número 37 não foi escolhido por mero acaso. Trata-se de uma forma de honrar o legado de Carroll Shelby, que em 1965 tinha planeado a concepção de 35 modelos de produção do Mustang GT350 de então, mais dois protótipos, idealizados por aquele entusiasta da competição automóvel. Cumprindo-se em 2015 o 50º aniversário dos Mustang GT350 originais, esta foi a forma de a Ford homenagear o legado de Carroll Shelby. Esta versão destaca-se por diversos elementos específicos pensados para utilização em pista, como a aerodinâmica mais trabalhada e as linhas mais agressivas, além de uma intensa ‘dieta’ à base de elementos como a fibra de carbono (tejadilho e spoiler traseiro, por exemplo) que se traduziu numa redução de 59 kg no total. Mas não foi só através dos materiais que se conseguiu baixar o peso deste Ford. Também se verifica a supressão de diversos itens considerados de ‘luxo’ para este modelo como o ar condicionado, sistema de infoentretenimento ou os bancos traseiros (embora algumas dessas tecnologias estejam disponíveis num pack opcional). A suspensão tem também uma concepção específica, com altura ao solo reduzida, alinhamentos únicos para utilização em pista e amortecedores MagneRide. No compartimento do motor reside um imponente V8 de 5.2 litros com 500 cv e 542 Nm de binário. Shelby GT350 também em edição limitada Além do GT350R Mustang, também o ligeiramente menos extremo GT350 terá produção limitada, mas a 100 unidades (perfazendo 137 no cômputo das duas versões), das quais 50 dispõem do chamado Technology Pack (Pack Tecnologia), com amortecedores MagneRide, sistema de navegação e ar condicionado, enquanto os outros 50 recebem o Track Package, que adiciona um sistema de arrefecimento mais eficaz para o motor, transmissão e diferencial, entre outros elementos para pista. Pelo que se sabe, a marca não estará a pensar levar estas duas versões mais extremas e limitadas a outros mercados que não o norte-americano e o canadiano.]]>

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Isabel Barros distinguida com prémio «Excelência» na liderança. Foi a única portuguesa
Marketeer
Lego lança minissérie no YouTube