Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Os carros ‘futuristas’ da GM tornaram-se reais…

[youtube height=”HEIGHT” width=”WIDTH”]https://www.youtube.com/watch?v=Rx6keHpeYak[/youtube]

Há 60 anos eram futuristas, hoje são (quase) uma realidade. Em 1956, quando a General Motors partilhou este anúncio, estava provavelmente longe de saber que embora não voassem, os carros de hoje em dia seriam tão ou mais avançados do que os apresentados.

Um painel de controlo capaz de entreter mas também de informar sobre as mais variadas questões do condutor é hoje em dia, um equipamento praticamente “banal” na indústria automóvel. Além disso, o chamado “auto-pilot” ou “condução autónoma” que tanto surpreende as personagens, é um assunto em permanente discussão nos tempos que correm e que muito possivelmente ganhará asas mais cedo do que imaginamos.

Seguro, autónomo, confortável e com bebidas e gelados, a GM considerou que em 1956 isso seria uma utopia e apenas possível muitos anos mais tarde. De facto, acertou. E fora os voos, os automóveis que conduzimos agora são absolutamente inimagináveis no tempo dos nossos avós.

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Há um novo espaço de cowork em Lisboa
Marketeer
Renault testa serviço de carsharing com veículos autónomos