Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

MINI revela novo John Cooper Works com 231 cv

[easingslider id=”12928″]

 

A MINI revelou a nova geração do John Cooper Works, modelo que beneficia de maiores aptidões desportivas em relação ao modelo de base, ao mesmo tempo mantendo o carácter Premium que caracteriza esta nova geração.

No desenvolvimento deste novo modelo, a marca britânica pertencente à BMW procurou acentuar a vertente dinâmica, melhorando o JCW em todos os sentidos, inspirando-se no universo da competição ao nível da suspensão, motor e aerodinâmica.

Em destaque está o motor, o mais potente de sempre montado num modelo de produção da MINI. Trata-se de um bloco 2.0 TwinPower Turbo de quatro cilindros com muita inspiração retirada das pistas, oferecendo 231 cv de potência e 320 Nm de binário. Em termos técnicos, este motor beneficia de desenho específico dos pistões e configuração única do turbo e do sistema de escape.

Este modelo conta com caixa manual de seis velocidades de série, mas pode receber uma unidade automática Steptronic igualmente de seis relações. A aceleração dos 0 aos 100 km/h faz-se em 6,3 segundos com caixa manual e 6,1 l/100 km com caixa automática.

Os dados de consumos anunciados pela marca são de apenas 6,7 l/100 km em ciclo misto, enquanto as emissões cifram-se nos 155 g/km de CO2. Com caixa automática, os consumos e as emissões também foram reduzidas em aproximadamente 20%, para 5,7 l/100 km e 133 g/km de CO2.

A suspensão também conta com vários ensinamentos das pistas, de forma a melhorar o comportamento dinâmico, o mesmo sucedendo com o sistema de travagem da Brembo. As jantes de 17 polegadas têm desenho especifico para esta versão. Outras especificidades deste John Cooper Works residem na direcção com assistência electromecânica Servotronic, controlo de estabilidade com controlo de tracção dinâmico, diferencial autoblocante e, como opcional, ajuste dinâmico do amortecimento.

No exterior, o aspecto mais agressivo confere-lhe uma identidade única, o mesmo se passando no interior, que recebe novos bancos com combinação em pele e tecido, volante JCW com patilhas no volante no caso da versão com caixa Steptronic, mostradores específicos e alavanca da caixa de velocidades distintivas, entre outros elementos.

Estruturalmente, o MINI JCW beneficia de optimizações ao nível do peso e chassis com maior rigidez estrutural, apresentando também maior capacidade de resistência em caso de embates.

Como já é apanágio do universo MINI, existirá uma vasta gama de opções de personalização disponíveis para o John Cooper Works, como o sistema head-up display, jantes de 18”, capas dos espelhos retrovisores e tejadilho em cor Vermelho Chili, entre outros itens.

 

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Carlos Coelho no encerrramento da XVIII Conferência Human Resources
Marketeer
Dona da Louis Vuitton investe em marca optimista