Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Audi mantém toada de crescimento em Abril

AUDI AG setzt Wachstum im April fort

A Audi continua a apresentar bons resultados de vendas e após o melhor trimestre da sua história, a marca de Ingolstadt voltou a crescer em Abril, num aumento de 2,5% em relação ao período homólogo de 2014.

De acordo com a Audi, a procura voltou a aumentar em todas as regiões do mundo comparativamente com o mesmo mês do ano anterior, destacando-se os resultados obtidos no continente americano, onde as entregas a clientes subiram 12,7%. De Janeiro a Abril, as vendas mundiais da marca dos quatro anéis cresceram 5,2%, para cerca de 591.050 veículos.

“A Audi consolidou o seu desempenho de vendas em Abril, apesar das mudanças de geração de futuros modelos-chave e mercados de vendas que ultrapassaram os valores recorde do ano anterior”, salienta Luca de Meo, Membro do Conselho de Vendas e Marketing da Audi, que deseja manter a mesma toada de crescimento ao longo do ano.

Nos Estados Unidos da América, as vendas da Audi em Abril cresceram 7,5%, para 16.827 unidades, sobressaindo os SUV da gama Q, que aumentaram 35,6% para 6.447 unidades. Em termos globais, as entregas da Audi América aumentaram desde o início do ano em 11,9% para 56.925 unidades.

Na Europa, a Audi registou em Abril números ligeiramente superiores aos do mesmo mês do ano passado, tendo entregue cerca de 71.750 veículos, num aumento de 0,9%. Por mercados, merecem destaque as prestações comerciais em países como Itália (22,4%, para 5.225 carros), Espanha (15,8%, para 4.100 veículos) e Suécia (21,1%, para 1.879 carros). Na Europa Ocidental, o aumento das vendas foi na ordem dos 3,1% em Abril, para cerca de 67.300 veículos. No acumulado do ano, respeitante aos quatro primeiros meses, as vendas da Audi nesta região ascenderam a cerca de 262.550 unidades, um aumento de 4,6%.

A contribuir para os bons resultados da marca germânica na Europa Ocidental está o bom desempenho de modelos como o A6, havendo também a destacar a performance inicial do Q7, que ainda não tenho chegado ao mercado regista já um elevado número de encomendas. Na Rússia, a tendência de mercado negativa manteve-se em Abril, tendo registado desde o início do ano uma quebra de 31% (para 8.248 unidades), efeito compensado de certa forma com a boa prestação na Turquia (+47%).

Na China, a Audi vendeu 178.612 unidades até ao final de Abril, o que representou um aumento de 5,2% em relação a igual período de 2014. Em Abril, as vendas chegaram às 45.296 unidades, impulsionadas pela apresentação dos novos A3 Sportback e Limousine.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Isabel Barros distinguida com prémio «Excelência» na liderança. Foi a única portuguesa
Marketeer
Lego lança minissérie no YouTube