Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Trabalhadores da Renault em Cacia voltam hoje à greve

renault cacia

A fábrica da Renault em Cacia, Aveiro, volta hoje a ser palco de uma greve, com os trabalhadores daquela infra-estrutura a reivindicarem aumentos salariais e o fim da precariedade nos contratos.

O protesto, o terceiro em poucas semanas, foi convocado pela Comissão de Trabalhadores da Renault de Cacia e prevê a paralisação total das instalações ao longo de todo o dia, com início previsto às 06h00.

Os trabalhadores vão marcar presença à entrada da fábrica durante este dia de paralisação. Nas greves anteriores, a adesão rondou os 90%.

A fábrica da Renault em Cacia assume-se como a segunda maior fábrica automóvel em Portugal em termos de número de trabalhadores (mais de mil colaboradores), cotando-se como a 12.ª maior empresa exportadora de Portugal (com um volume de negócios de 260 milhões de euros em 2014).

A unidade de Cacia representa, ainda, um importante foco de desenvolvimento local e nacional em termos de emprego e de negócio, produzindo diversos componentes mecânicos – destacando-se as caixas de velocidades – para vários automóveis.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
A sua empresa pode fazer sorrir crianças hospitalizadas. Saiba como.
Marketeer
Insectos comestíveis estão a ganhar terreno em Portugal