Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Vendas globais do grupo Volkswagen crescem 1%

Volkswagen Werk Wolfsburg/Fahnenstangen der Konzernmarken am Verwaltungshochhaus

O grupo Volkswagen revelou os dados de vendas de Janeiro a Abril de 2015, tendo alcançado uma subida de 1% nas vendas, com a comercialização de 3.34 milhões de veículos nesse mesmo período.

Contudo, no mês de Abril o resultado já não foi tão positivo, havendo a registar um decréscimo de 1,3% nas vendas face ao mesmo mês do ano passado, tendo comercializado 853.200 viaturas contra as 864.300 vendidas no período homólogo.

“O início do segundo trimestre evidencia as tendências mistas dos mercados nas várias regiões. Enquanto aproveitamos ventos favoráveis na Europa Ocidental e na América do Norte e pudemos aumentar as entregas do grupo – nalguns casos de forma significativa – nessas regiões, a situação na América do Sul e na Europa de Leste (onde a tendência está a ser primariamente marcada pelos desenvolvimentos na Rússia) continua a ser desafiante”, referiu Christian Klinger, responsável da área de Vendas da Volkswagen.

No mercado europeu, as marcas do grupo apresentaram vendas na ordem dos 1.38 milhões de veículos nos primeiros quatro meses deste ano, dos quais 747.000 foram entregues na Europa Ocidental (excluindo a Alemanha, na qual foram vendidos mais 432.200 veículos do grupo), ao passo que na Europa central e de Leste o grupo entregou 199.900 veículos. As vendas na Rússia continuaram a cair, tendo existido uma queda de 38,8%.

Na América do Norte, o grupo Volkswagen comercializou um total de 284.300 veículos entre Janeiro e Abril, dos quais 184.000 foram entregues nos Estados Unidos da América (EUA). Já no continente sul-americano verificou-se uma queda nas vendas na ordem dos 20,7%, de 252.700 veículos para 200.400, ao passo que na Ásia-Pacífico as entregas ascenderam a 1.33 milhões de unidades, com 1.19 milhões a irem parar a proprietários chineses, naquele que é o maior mercado do grupo.

A nível global e por marcas, a Volkswagen vendeu 1.98 milhões de veículos (-2,2% face ao período entre Janeiro e Abril do ano passado), enquanto a Audi vendeu 591.100 veículos, mais 5,2% do que em igual período do ano passado. Na Porsche, o aumento foi mais significativo, subindo dos 55.000 em 2014 para os 72.600 veículos vendidos em 2015, num crescimento de 32%. Também a Skoda incrementou as suas vendas em 6,1%, bem como a SEAT, que subiu 8,6%. Os veículos comerciais VW subiram 4,9% naquele mesmo período, fazendo o caminho inverso das marcas de pesados do grupo, a MAN e a Scania, que perderam 17,3% e 2,3%, respectivamente.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Carlos Coelho no encerrramento da XVIII Conferência Human Resources
Marketeer
Dona da Louis Vuitton investe em marca optimista