Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Grupo Volkswagen mantém liderança na Europa

VW Golf site

O grupo Volkswagen continua a ser o líder no que às vendas de automóveis novos diz respeito no mercado europeu (UE mais países da EFTA), com a companhia germânica a apresentar um crescimento de 5,4% em Abril de 2015, comparativamente ao período homólogo do ano passado, segundo dados revelados hoje pela ACEA.

No seio do grupo, a Volkswagen aparece com a maior fatia em termos de vendas, com a marca a apresentar, em Abril, um crescimento de 5,6% face ao mesmo mês do ano passado, correspondente a 154.311 unidades comercializadas. A Audi também apresenta ganhos de 3,7% com 70.045 unidades vendidas neste mês, o mesmo sucedendo com a Skoda, marca que subiu 9,5% em relação a Abril de 2014. A SEAT perdeu 1,1%, cabendo à Porsche, no grupo Volkswagen, a honra do maior crescimento em termos homólogos: 18,4%.

O grupo PSA Peugeot/Citroën também cresceu em termos homólogos, com um aumento de 2,5% face a Abril de 2014, correspondente a 128.870 unidades vendidas neste mês. Dessas, 73.911 pertenceram à Peugeot (+5,8%) e 47.995 à Citroën (+1,1%). A terceira marca do grupo, a DS, perdeu 17,2% em termos homólogos, mas esse facto pode-se ficar a dever à renovação do DS 5, que se apresta a contar com um novo modelo no mercado.

O terceiro lugar vai para o grupo Renault, que cresceu 15,3%, num total de 126.454 unidades vendidas entre Renault (87.520) e Dacia (38.934), traduzindo-se em aumentos de 15,6% e 14,7%, respectivamente. A Ford também cresceu 2,3% (86.234) face a Abril de 2014, com 86.234 automóveis vendidos.

Na posição seguinte aparece o grupo Opel, também ele com um ganho de 1,5% (77.752), devendo esse crescimento à performance comercial da Opel/Vauxhall, com 5,7% de aumento. Por outro lado, a Chevrolet continua a sua previsível senda descendente após a saída da Europa, caindo 90,6% face a Abril de 2014.

O grupo FCA Automobiles também apresentou valores bastante positivos em Abril deste ano, com uma subida de 13,4% (78.957) face ao período homólogo, com a Fiat a ganhar 9,7% e a Jeep a subir impressionantes 172,3%, muito por ‘culpa’ do lançamento do Renegade. Pelo lado negativo, a Lancia/Chrysler e a Alfa Romeo registaram quedas em Abril de 2015, de 1,6% e de 9,6%.

O grupo BMW regista igualmente bons números em Abril, com um aumento de 12% (75.582) face ao mesmo mês do ano passado, repartindo este bom resultado pela BMW (+7,8%) e pela MINI (+33,5%). A Daimler subiu também em Abril de 2015, na ordem dos 7,8% (67.911), com a Mercedes-Benz a aumentar 3,0%, mas a smart foi a marca que contribuiu decisivamente para esse crescimento, com 56,4% de aumento entre um ano e outro, fruto dos novos fortwo e forfour. O grupo Toyota é um dos poucos a apresentar perdas em termos comparativos, com a marca liderada por Akio Toyoda a decair 0,3%. Mais acentuada foi a queda da Honda, com 25% de decréscimo na comparação entre Abril de 2014 e Abril de 2015, de certa forma esperado tendo em conta o final de ciclo para o actual Jazz e a descontinuação do Accord.

Em termos acumulados entre Janeiro e Abril, o grupo Volkswagen surge com um crescimento acentuado, de 8,3%, embora a quota de mercado se mantenha inalterada (24,8%), equivalente a 1.203,604 unidades vendidas desde o início do ano. Logo a seguir, aparece o grupo PSA Peugeot-Citroën, também ele com um aumento em termos homólogos na ordem dos 3,4%, representativo de 515.252 unidades comercializadas em solo europeu. O grupo Renault, na terceira posição, surge também com um incremento no cômputo deste ano, de 11,6%, sinónimo de 466.523 veículos comercializados. A Ford cresceu 6,0% em relação ao mesmo período do ano passado, enquanto o grupo Opel decaiu 2,5%, o que se traduz num total de 321.023 unidades.

Pode consultar as tabelas de vendas detalhadas aqui.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
O impacto da Inteligência Emocional nas empresas
Marketeer
Domino’s Pizza vai deixar quatro mercados europeus