Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Marcas procuram alternativas aos airbags da Takata

airbags

Os problemas registados ao nível dos airbags fornecidos pela Takata a várias marcas automóveis estão a beneficiar outros fornecedores de componentes para aquele dispositivo de segurança.

Segundo o site Automotive News Europe, a informação foi providenciada pela própria Takata aquando da mais recente sessão de esclarecimento providenciada pela Takata à administração da Associação Nacional de Tráfego e Segurança dos Estados Unidos, a NHTSA, entidade que tem sido bastante rigorosa na forma como tem levado a cabo este processo de recolha de veículos afetados pelas falhas nos airbags em solo americano.

Assim, de acordo com a Takata, as suas rivais Autoliv, Daicel e ZF TRW Automotive terão produzido 68% dos componentes de insuflação necessários para substituir as unidades potencialmente defeituosas em mais de 40 milhões de automóveis em todo o mundo. As três empresas irão beneficiar com o desaire sofrido pela Takata, estimando-se que a Autoliv produza até 20 milhões de unidades de insuflação até 2016.

No mesmo sentido, de acordo com informações avançadas pelo Automotive News Europe, os construtores estão a mudar de fornecedor no que diz respeito aos componentes para airbag, embora mantenham a cooperação no sentido de resolver a situação atual dos modelos que se encontram a circular nas estradas.

A Honda, por exemplo, que ordenou a substituição de 24,5 milhões de elementos insufladores nos seus automóveis, anunciou que passará a adquirir os airbags das marcas Autoliv e Daicel, ao passo que a Toyota, outra das marcas grandemente afetadas, também contará com outro fornecedor, conforme explicou numa carta enviada à NHTSA.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Qual é, afinal, o papel do líder?
Marketeer
Domino’s Pizza vai deixar quatro mercados europeus