Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Apenas 58 pessoas aderiram ao incentivo ao abate

electric charger

Cinquenta e oito automóveis foram abatidos no âmbito do incentivo dado pelo Estado português na compra de automóveis ‘amigos do ambiente’, integrado na reforma da Fiscalidade verde. Elegíveis aos 4500 euros de incentivo estavam compradores de futuros automóveis elétricos e híbridos Plug-in com veículos com mais de 10 anos, sendo que dos 85 pedidos apenas 58 já foram pagos.

No total, foram atribuídos 241 mil euros em subsídios, justificados, aos olhos do Governo, pelo “aumento significativo do número de veículos elétricos e híbridos em circulação”, segundo o gabinete do Ministro do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia, Jorge Moreira da Silva.

Apesar de o número não ser expressivo em termos absolutos, a venda de automóveis elétricos subiu 137% no período entre janeiro e maio deste ano, em relação ao período homólogo do ano anterior, com 187 veículos comercializados. Já os híbridos registam a maior subida percentual, com um crescimento de 273% neste segmento, num total de 97 híbridos Plug-in comercializados. No entanto, os automóveis ‘amigos do ambiente’ representam ainda uma pequena quota de mercado de cerca de 1%, segundo o site Dinheiro Vivo.

Os preços elevados destes modelos, a falta de infraestruras de carregamento e o desconhecimento destes benefícios fiscais são algumas das justificações que levam os consumidores a afastarem-se deste segmento.

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Há um novo espaço de cowork em Lisboa
Marketeer
Renault testa serviço de carsharing com veículos autónomos