Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

NCAP e Continental unem-se para travar acidentes fatais

Capturar

A divisão de Pneus, Chassis e Segurança da Continental e a NCAP, organização mundial responsável pelas entidades que efetuam os testes de segurança de automóveis novos, associaram-se para promover a campanha “Stop Acidentes”, com o objetivo de demonstrar a importância de sistemas como o controlo eletrónico de estabilidade, travagem de emergência automática, o sistema de ABS em motociclos e a pressão e profundidade do desenho dos pneus correta.

Com início marcado para meados de novembro no Brasil, esta ação pretende mostrar aos consumidores que a introdução destas tecnologias, vistas como extras até agora, devem começar a ser vistas como um componente indispensável num automóvel. Na Europa, os requisitos valorizados pela EuroNCAP são atualmente o sistema de prevenção e atenuação de acidentes, sistemas de proteção de ocupantes (adultos e crianças), proteção de peões e sistemas de assistência como o controlo eletrónico de estabilidade, travagem de emergência automática e cruise control adaptativo.

“A estratégia do projeto de longo prazo ‘Vision Zero’ tem três etapas: eliminar mortes por acidentes de automóveis, reduzir o número de lesões e acabar por completo com os acidentes rodoviários”, afirma Frank Jourdan, membro do conselho executivo da Continental e presidente da divisão de Chassis e Segurança, explicando ainda que a introdução da obrigatoriedade dos cintos de segurança ou o ABS levaram à diminuição de acidentes e lesões. No entanto, estes sistemas não são o suficiente e por isso “devemos fazer um grande esforço para reduzir este números”.

Esta parceria surge com o objetivo de ir ao encontro da meta estabelecida pelas Nações Unidas de reduzir para metade as mortes nas estradas até 2020. Para tal, é necessário, segundo a Continental e a organização, incutir a compra de automóveis com controlo eletrónico de estabilidade e sistema de travagem automática e de motociclos com ABS, especialmente em países asiáticos e da América Latina. Assim, a campanha dará a conhecer estas tecnologias através de demonstrações de condução com estas tecnologias que poderá ser seguida aqui e através da hashtag #stopthecrash nas redes sociais.

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Da sustentabilidade às Pessoas: o propósito para Sonae MC, Fidelidade e Randstad
Marketeer
7 sugestões de Halloween na Quinta do Lago