Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Ford revela aproximação dos consumidores à tecnologia autónoma

fordsync

Os condutores estão cada vez mais recetivos à utilização de tecnologia autónoma enquanto conduzem. Quem o diz é o estudo Ford Car Buying Trends 2015, levado a cabo pela marca americana, que revela os hábitos de consumo de condutores em 22 países europeus.

O estudo mostra um aumento significativo no número de carros com tecnologias que ajudam o condutor a estacionar, evitar colisões, e a manter velocidades pré-estabelecidas e distâncias para os veículos à sua frente. “Enquanto os fabricantes como a Ford estão a trabalhar no sentido dos veículos autónomos, os nossos clientes já estão a adotar muitas das tecnologias inteligentes que tornam a condução e o estacionamento fácil e mais seguro”, disse Roelant de Waard, vice-presidente de Marketing, Vendas e Serviço, Ford Europa.

Se a Assistência Activa ao Estacionamento, que utiliza sensores e o sistema de direção do veículo para ajudar os condutores a encontrar um espaço adequado e a colocar o veículo no mesmo, foi montado em mais de um em cada três automóveis Ford na Europa (34%), o sistema de Travagem Activa em Cidade, que pode ajudar a reduzir a severidade das colisões traseiras ao aplicar automaticamente os travões, foi instalado em mais de 1 em cada 8 veículos produzidos (13%). Já o Controlo de Velocidade Adaptativo foi instalado em mais de metade dos automóveis Ford comercializados no ano passado (52%).

No que concerne a tecnologia no interior do automóvel, 78% de todos os veículos Ford estavam, no ano passado, equipados com sistema SYNC, um crescimento de 10% em comparação com o mesmo período do ano anterior. Este sistema permite que os condutores falem com os seus carros usando uma linguagem simples para operar o seu telefone, incluindo ainda um sistema de entretenimento, climatização e navegação, permitindo mesmo aceder a uma lista de restaurantes locais usando a simples expressão “tenho fome”.

No exterior, a preferência dos europeus foi para o branco (23%), seguido do preto (19%) e do prateado (16%). Em Portugal, a cor eleita é o preto (31%), seguida pelo cinza (25%). A maioria dos clientes escolheu em 2014 um carro de cinco portas (52%), à frente das versões carrinha (37%), com a preferência pelos modelos de quatro portas a registar uma quota de 11% em comparação com o ano anterior.

Na hora de escolher a motorização, os clientes Ford mostram uma clara inclinação para os modelos convencionais a gasolina e gasóleo, sendo que o primeiro é o combustível de eleição (56%). As preferências entre caixas de velocidades manuais ou automáticas em comparação com o ano passado estão quase inalteradas. Os condutores em todos os países europeus preferem ainda o modo manual (83%).

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
A sua empresa pode fazer sorrir crianças hospitalizadas. Saiba como.
Marketeer
Insectos comestíveis estão a ganhar terreno em Portugal