Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Alfa Romeo aposta forte na renovação da gama até 2019

Alfa-romeo_Giulia-Reveal_04

A Alfa Romeo é, neste momento, o foco de toda a atenção para o grupo Fiat Chrysler Automobiles (FCA), contando para tal com um avultado investimento por parte da empresa ítalo-americana para o desenvolvimento de uma nova gama de produtos que chegarão ao mercado num prazo de quatro anos.

O primeiro desses novos modelos a nascer sob a batuta de uma renovada aura desportiva é o Giulia, berlina de segmento médio superior que tem por missão rivalizar com as marcas Premium alemães e que chegará ao mercado em meados de 2016. As suas linhas, pelo menos no formato mais dinâmico Quadrifoglio Verde, já são conhecidas, sabendo-se igualmente que contará com um bloco V6 de 510 cv de potência desenvolvido pela Ferrari e que lhe permitirá bater-se com os icónicos membros das linhagens BMW M, Mercedes-AMG e Audi RS.

O plano da marca liderada atualmente por Sergio Marchionne (de quem se diz que poderá manter o cargo até 2020) passa pelo lançamento de um novo modelo a cada seis meses, sendo que o objetivo é contar com uma gama totalmente renovada de oito modelos em 2019, destacando-se além do Giulia a chegada também de dois SUV para participar num dos segmentos mais importantes deste momento, um compacto e outro de maiores dimensões.

O plano de revitalização da Alfa Romeo passa pelo avultado investimento na ordem dos cinco mil milhões de euros por parte da FCA, que continua também à procura de um parceiro sólido em termos estratégicos para alavancar esta estratégia. A General Motors (GM) foi a primeira opção, mas a mesma parece ter sido gorada pela intransigência dos responsáveis da companhia norte-americana. A partilha de componentes e plataformas com uma outra marca permitiria à Alfa Romeo/FCA reduzir os custos de desenvolvimento e de produção dos modelos da Alfa Romeo e não só.

Assim, na calha, além dos dois SUV – um com base no Giulia e outro, de maiores dimensões – a Alfa Romeo tem também na sua lista de novidades, de acordo com o site Automotive News Europe, o lançamento de uma berlina posicionada acima do Giulia para rivalizar com o BMW Série 5 e com o Mercedes-Benz Classe E e Audi A6 e de um roadster, que terá por base a plataforma e a mecânica do Giulia.

Também um coupé desportivo estará nas cartas – com base no roadster atrás referido -, sendo que para o mercado europeu uma das propostas fundamentais deverá surgir com o lançamento de uma versão hatchback de cinco portas para substituir o Giulietta, que foi lançado em 2012 e que ainda não recebeu um verdadeiro facelift, não obstante algumas atualizações técnicas e mecânicas sofridas este ano.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
A sua empresa pode fazer sorrir crianças hospitalizadas. Saiba como.
Marketeer
Insectos comestíveis estão a ganhar terreno em Portugal