Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Portugal gastou menos 682,2m de euros este ano em combustíveis

combustivel_diesel

Portugal gastou menos 682,2 milhões de euros com as importações de produtos petrolíferos este ano, ou seja, até Julho, em relação ao ano passado, segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística.

Este é um resultado profícuo para a balança comercial nacional que beneficiou da queda dos preços destes bens no mercado internacional. Esta tendência de decréscimo de custos acentuou-se no sétimo mês do ano, altura em que as importações caíram 1,1% em relação ao período homólogo do ano anterior, sendo que essa queda se deve principalmente à diminuição em de 34,9% do custo dos combustíveis importados.

Este resultado levado a que o saldo comercial de bens em Portugal registe uma melhoria face ao ano passo. No entanto, o facto de se gastar menos 0,4% do PIB com a importação de combustíveis não leva a que os portugueses utilizem menos automóveis ou fontes de energia ‘verdes’. Na verdade, nos últimos doze meses, o consumo de produtos petrolíferos aumentou cerca de 2,8%, segundo a Direcção Geral de Energia e Geologia, conforme avança o jornal Público. Ou seja, continuamos a importar a mesma quantidade de combustível, este está é mais barato. Em julho, o preço do barril de crude desceu cerca de 10 dólares, custando assim 62 dólares durante esse mês.

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Isabel Barros distinguida com prémio «Excelência» na liderança. Foi a única portuguesa
Marketeer
Lego lança minissérie no YouTube