Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Porsche Mission E: O futuro está à porta

[easingslider id=”24918″]

A Porsche quis mostrar um pouco do que lhe reservará o futuro e o resultado é surpreendente. Eis o Mission E, um protótipo puramente elétrico que foi revelado na abertura do Salão de Frankfurt e que tem por missão unir as características dinâmicas e o desenho de um Porsche com as novas formas de mobilidade alternativas. A primeira berlina de quatro lugares 100% elétrica oriunda da marca de Estugarda pode dar pistas interessantes para o futuro da marca e do icónico 911.

Aliás, no evento de apresentação do Mission E, a Porsche deixou bem claro que este e o 911 partilham de uma característica única – combinar a prestação desportiva de um Porsche com a máxima eficiência. Neste mesmo certame, a marca apresentou o renovado 911 Carrera que, por seu turno, adotou motores sobrealimentados para maior eficiência, além de serem mais eficientes.

Este Mission E apresenta um conjunto motriz totalmente novo, contando com dois motores elétricos de síncrono permanente – semelhantes aos utilizados no 919 Hybrid que competiram este ano em Le Mans – capazes de entregar 600 cv de potência e acelerar dos 0 aos 100 km/h em apenas 3,5 segundos e chegar aos 200 km/h em menos de 12 segundos. A autonomia deste Mission E supera os 500 quilómetros e a inovadora bateria de 800 Volts de iões de lítio (situada no fundo do carro entre os dois eixos), permite carregar até 80% do seu total em apenas 15 minutos num posto rápido.

A tecnologia de tração integral, que distribui o binário de forma independente a cada roda, oferece comportamento à imagem do que a marca oferece com outros modelos desportivo, chegando mesmo a fazer uma volta ao circuito de Nürburgring em menos de oito minutos.

Os instrumentos são operados de forma intuitiva pelo olhar do condutor e por gestos, alguns até por hologramas futuristas. A carroçaria combina elementos de elevada resistência e funcionalidade como alumínio, aço e fibra de carbono, havendo ainda que salientar as jantes de 21 polegadas na frente e de 22 na traseira.

porsche mission e (2)

O desenho reflete uma imagem aerodinâmica e desportiva com linhas fluidas bastante trabalhadas para diminuir a resistência ao vento. Sobressai pelos novos faróis com tecnologia de matriz LED e pela dianteira baixa e pela linha de cintura semelhante à do 911, embora se demarque pela adição de mais duas portas de abertura ‘suicida’ sem existência de um pilar B. Outra diferença prende-se com a substituição dos espelhos retrovisores tradicionais por câmaras montadas lateralmente.

No interior, a tradição Porsche mantém-se com linhas ‘limpas’ e mais espaçoso, com quatro lugares individuais. Entre os dois lugares dianteiros encontra-se uma consola central de formato curvo ao estilo de uma ponte com um espaço vazio debaixo.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Carlos Coelho no encerrramento da XVIII Conferência Human Resources
Marketeer
Dona da Louis Vuitton investe em marca optimista