Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Autónomos da Mercedes-Benz direcionados para o mundo empresarial

Mercedes-Benz F015 - Luxury in Motion

A criação de automóveis autónomos é sinónimo de maior segurança e aproveitamento do tempo mas também, por outro lado, de luxo. Desde o pequeno citadino da Google ao luxuoso Mercedes-Benz F-015, é visível o quão abrangente esta tecnologia pode ser em termos de segmento de mercado. A marca alemã prepara-se assim para direcionar a abordagem que terá em relação a esta berlina de luxo sem condutor  para o mercado empresarial, num segmento mais Premium, no qual o conceito de motorista desaparece, segundo o CEO da Daimler Dieter Zetsche, em declarações à agência Reuters.

Este seria um serviço on-demand proporcionado por frotas de veículos autónomos direcionada para os consumidores que não estão interessados na posse de um automóvel mas que utilizam serviços de transporte Premium como limousines.

Atualmente, a Daimler já possui um serviço de carsharing que permite aos seus subscritores localizar e alugar um veículo através da aplicação car2go, não disponível em Portugal. No entanto, a introdução de automóveis sem condutor traria a vantagem de ser o próprio automóvel a ir ao encontro do cliente e não o contrário, como explica Zetsche.

A Daimler já se encontra a trabalhar não só na construção de um automóvel autónomo de produção, que não deverá chegar aos concessionários antes de 2025, assim como em todo o software que este envolve. Recentemente, juntou-se à BMW e à Audi e adquiriu os serviços de mapa HERE, pertencentes originalmente à Nokia. Um ano antes, o fabricante alemão teria comprado a aplicação MyTaxi que permite ao consumidor chamar um taxi e pagar, tudo isto via smartphone.

 

 

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Neves de Almeida HR Consulting nomeia CEO
Marketeer
Renault testa serviço de carsharing com veículos autónomos