Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Alfa Romeo: condução autónoma será “parte intrínseca” da indústria

77678-alfa-b

A Alfa Romeo acredita que no futuro a condução autónoma será um elemento intrínseco à própria indústria automóvel, tornando-se numa norma a exemplo do que sucedeu com os sistemas de ajuda à condução, como o Controlo de Tração (TC) ou de Estabilidade (ESP).

Harald Wester, presidente da Alfa Romeo e da Masereti, espera que as melhorias tecnológicas esperadas para um futuro não muito longínquo se traduzam na implementação de sistemas deste género nos automóveis, mas acredita que os mesmos não irão diminuir o divertimento de condução em modo manual.

“Será algo intrínseco da própria indústria automóvel no futuro, será como o ABS ou como o ESP. Acredito que terá um efeito positivo na indústria em termos de… tornará a condução nalgumas condições menos aborrecida, vai melhorar a nossa qualidade de vida porque não vamos passar o tempo todo a acionar pedais, o volante e a caixa de velocidades. Porque nas grandes cidades, nos engarrafamentos não há muito diversão na condução. É uma confusão, um fardo”, referiu Wester ao site CarAdvice.

Wester afiançou que no caso da Alfa Romeo aquela tecnologia poderá ter uma mais-valia acrescida no sentido de ajudar na cidade, mas que não irá prejudicar aqueles que procuram o prazer de condução fora dela.

“Imaginem que têm um Giulia QV e que realmente gostam de conduzir na autoestrada e assim, na segunda-feira de manhã está um daqueles terríveis engarrafamentos. Penso que preferem recostar-se e escrever uma mensagem ou ler o jornal e deixar o veículo fazer o seu trabalho. Não rouba nada da experiência de condução”, explicou, garantindo que a marca italiana não deixará de apostar na condução manual de forma a manter o seu legado histórico de performance e prazer no quotidiano enquanto proprietário de um veículo.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Carlos Coelho no encerrramento da XVIII Conferência Human Resources
Marketeer
Dona da Louis Vuitton investe em marca optimista