Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Volkswagen assegura que motores Euro 6 respeitam regras

European car sales slump amid debt crisis

A Volkswagen anunciou em comunicado estar a trabalhar na correção das “irregularidades acerca do software utilizado nos motores Diesel” envolvidos na polémica despoletada recentemente nos Estados Unidos da América (EUA), assegurando que os novos veículos do grupo Volkswagen com motores Euro 6 disponíveis na União Europeia correspondem às “exigências legais e aos standards ambientais” exigidos.

Segundo o grupo alemão, as falhas no software em questão incidem sobre o motor Type EA 189, presentes em cerca de 11 milhões de veículos a nível mundial, sendo que as discrepâncias nos resultados dos testes antes da venda e já em estrada se verificam apenas nesta unidade, de acordo com a companhia.

“A Volkswagen não tolera qualquer tipo de violação de leis. A recuperação da confiança perdida e a limitação dos danos causados aos nossos clientes são e continuarão a ser prioridades máximas do Conselho de Administração. O grupo vai informar o público dos progressos das investigações de forma constante e transparente”, acrescenta o comunicado.

Neste momento, a Volkswagen encontra-se em contacto com as “autoridades relevantes”, como a Autoridade Federal Alemã de Transportes Motorizados para esclarecer a situação polémica que atravessa atualmente. O grupo estima que venha a perder 6.5 mil milhões de euros no terceiro semestre do atual ano fiscal, sendo que este número pode vir a aumentar.

Europa também pede investigação

No entanto, o escândalo dos motores Diesel da Volkswagen nos Estados Unidos já chegou à Europa numa altura em que o primeiro-ministro francês Michel Sapin pede às autoridades europeias que conduzam a sua própria investigação na União Europeia com o objetivo de saber se também nesta região os resultados das emissões dos motores foram falsificados.

Também na Coreia do Sul será levada a cabo uma investigação aos modelos Volkswagen Golf e Jetta e Audi A3 com motores Diesel, envolvendo entre quatro mil a cinco mil veículos produzidos entre 2014 e 2015.

O mercado bolsista já reagiu a esta notícia tendo as ações da Volkswagen descido 19% ontem e 6,3% hoje, valendo agora cerca de 123,85 euros.

A Volkswagen é acusada pelas autoridades norte-americanas de ter montado um software nalguns automóveis vendidos naquele mercado com o qual conseguiam adulterar os valores das emissões de NOx para a atmosfera. Saiba mais acerca deste caso, aqui.

 

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Isabel Barros distinguida com prémio «Excelência» na liderança. Foi a única portuguesa
Marketeer
Lego lança minissérie no YouTube