Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Pires de Lima: automóveis da AutoEuropa “não têm software fraudulento”

O ministro da Economia, António Pires de Lima, garantiu hoje que nenhum dos veículos produzidos na fábrica do Grupo Volkswagen da AutoEuropa incorpora o polémico sistema informático que permite adulterar as emissões de óxido nitroso para a atmosfera.

Garantindo estar a acompanhar de perto a situação e citando informações atualizadas da administração da AutoEuropa, Pires de Lima assegurou que os “veículos produzidos em Portugal nos últimos anos não tiveram a incorporação desse kit fraudulento. Essa foi a informação que nos foi dada pela AutoEuropa”.

A declaração foi feita após o conselho de ministros desta quinta-feira, ao longo da qual a situação da Volkswagen também foi debatida.

Recorde-se que a marca germânica está sob fogo cruzado depois de se ter descoberto a existência de um sistema informático capaz de manipular as emissões de NOx para a atmosfera. O software aplicado nestes motores Diesel 2.0 TDI – que envolvem os modelos Volkswagen Jetta, Golf, Beetle e Audi A3 de 2009 a 2015 e o Volkswagen Passat de 2014 e 2015 – contava, numa explicação simples, com um algoritmo específico que ligava o controlo de emissões quando testado para averiguação das emissões nocivas e que o desativava em utilização quotidiana. A polémica já obrigou à demissão de Martin Winterkorn do cargo de CEO da marca germânica.

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Da sustentabilidade às Pessoas: o propósito para Sonae MC, Fidelidade e Randstad
Marketeer
7 sugestões de Halloween na Quinta do Lago