Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Vídeo-espia do Mercedes-Benz Classe E mostra evolução das linhas

[youtube height=”HEIGHT” width=”WIDTH”]https://www.youtube.com/watch?v=Qgst1rdjdy4[/youtube]

A Mercedes-Benz continua a ultimar a nova geração do Classe E, modelo que deverá ser apresentado no próximo Salão de Detroit e que apostará forte numa série de novas tecnologias, em especial no campo da condução assistida.

Ao abrigo da designação Intelligent Drive Next Level, este programa reúne um conjunto de sistemas e tecnologias de assistência à condução e de segurança que pretendem oferecer ao novo Classe E uma posição de destaque no segmento dos Execeutivos Premium.

Algumas das tecnologias não são uma novidade absoluta, derivando daquelas já vistas no Classe S, mas numa nova abordagem à propriedade do automóvel, a Daimler antevê a realização de actualizações ao longo dos anos de forma a manter os sistemas do Classe E com as suas mais recentes versões de funcionamento e, até, introduzir novas capacidades tecnológicas.

A Mercedes-Benz prevê introduzir então sistemas como o Cruise Control Activo com Manutenção na Faixa de Rodagem até aos 200 km/h, o qual se destaca por avaliar o posicionamento de vários automóveis em seu redor graças à interacção entre câmaras, diversos sensores e os dados do GPS. O alerta de manutenção na faixa de rodagem funciona até aos 130 km/h, mesmo quando as marcações não estão perfeitamente visíveis, numa melhoria evidente face ao sistema montado no Classe S, o qual só permitia a sua funcionalidade até aos 50 km/h. Ainda assim, este sistema não funciona como um de condução autónoma, já que o condutor tem de ter sempre as mãos no volante.

Outros sistemas adotados passam pelo assistente de travagem automático (capaz de analisar o ambiente em redor, à frente, à rectaguarda e nos cruzamentos), assistente de manobras evasivas (mantendo o veículo sob controlo mais facilmente), abertura das portas e arranque do motor a partir do smartphone, comunicação entre automóveis e sistemas Pre-Safe, que na instância de um acidente conseguem actuar em conjunto para minimizar as consequências para os ocupantes. Exemplos disso são o insuflamento das laterais dos bancos de forma a lançar o passageiro para o centro do veículo em caso de impactos laterais, afastando-o do ponto de colisão, ou o sistema de protecção auditivo, que cancela a onda sonora resultante do impacto.

Por outro lado, neste vídeo é possível ver uma ‘comitiva’ de modelos de Classe E da Mercedes-Benz a serem levados para testes, com níveis de camuflagem distintos. Percebe-se, por estas imagens, que o estilo do novo Classe E será inspirado noutros modelos mais recentes da marca, mas sem entrar em revoluções nesse aspeto.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Carlos Coelho no encerrramento da XVIII Conferência Human Resources
Marketeer
Dona da Louis Vuitton investe em marca optimista