Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

UE deverá adiar novas metas de emissões poluentes por dois anos

estrada emissões

A União Europeia (UE) deverá adiar por mais dois anos a introdução de novas metas para as emissões poluentes na Europa, seguindo assim o apelo dos construtores automóveis para o alargamento desses mesmos limites de emissões poluentes.

A informação é avançada pelo Financial Times, que dá conta da possibilidade de adiamento por mais dois anos (até final de 2019) da implementação de novas metas de emissões, ao invés da data inicialmente estabelecida para o final de 2017.

Ainda de acordo com aquele órgão de comunicação, os novos testes de emissões, num novo ciclo mais próximo de condições reais, mais exigentes em especial para os motores a gasóleo serão introduzidos em setembro de 2017, tal como previsto, mas com maior permissividade em termos de superação dos valores de NOx (óxidos de azoto), num valor que poderia atingir até 60% além do valor estabelecido de 80 mg por quilómetro.

Essa flexibilidade seria imposta até setembro de 2019, data a partir da qual os fabricantes seriam então obrigados a cumprir os limites mais estritos de NOx para os novos modelos a gasóleo, embora com margem de erro alargada.

Recorde-se que a Associação Europeia de Construtores Automóveis (ACEA) já havia pedido um adiamento dessas mesmas metas referentes às emissões poluentes, alegando que seriam impossíveis de cumprir pelos fabricantes de automóveis em tão curto espaço de tempo.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Qual é, afinal, o papel do líder?
Marketeer
Domino’s Pizza vai deixar quatro mercados europeus