Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Qual é a cor a preferida para o carro?

2015-Global-Color

As cores dos automóveis são como as modas, mudam conforme os tempos. A empresa de revestimento PPG Industries lança todos os anos um estudo acerca das preferência dos consumidores dentro deste tema, sendo que 60% dos consumidores revelam que a cor é um dos fatores decisivos no momento de comprar um automóvel.

A nível global, as cores conservadoras como o branco, o preto e o prateado continuam a ser as preferidas pelos consumidores, sendo o branco a cor mais popular, reunindo a preferência de 35% dos inquiridos, seguida pelo preto (17%) e o prateado (12%).

Os consumidores da Europa seguem a tendência global e preferem os automóveis brancos (31%), seguidos dos pretos (18%), cinzentos (16%) e prateados (12%). Os norte-americanos também preferem os veículos brancos (23%), em segundo lugar os pretos (19%) e em terceiro os cinzentos (17%). O mercado da Ásia Pacífico é o que mais prefere a cor branca (44%), seguindo-se o preto (16%) e o prateado (10%).

Mais de metade dos inquiridos revelou ainda que se a cor que desejavam não estivesse disponível, estes esperariam até esta estar em stock em vez de comprar o mesmo modelo noutra cor. No que concerne a diferença entre géneros, a PPG Industries revelou que as cores metálicas são uma preferência do mundo masculino enquanto as mulheres preferem cores sólidas e efeitos brilhantes na carroçaria. Para os homens, a cor e aparência de um automóvel tem de exibir uma imagem de sucesso sendo que na maioria dos casos estes consumidores estão dispostos a despender mais dinheiro num automóvel que pensem “refletir adequadamente a sua personalidade”.

Este estudo demonstra a importância da estética na indústria automóvel, que se deve adaptar aos diferentes mercados e consumidores. “Os fabricantes precisam de considerar toda a gente, desde os millennials concentrados na tecnologia aos baby-boomers focados na família, motorizando os dados das vendas e as tendências para tentar prever com dois ou três anos de avanço quais as cores e efeitos que deverão oferecer”, afirma Jane E. Harrington, da PPG Industries.

Quanto ao futuro, Harrington prevê que cores como o azul e o laranja ganhem uma maior expressão em 2016, tendo em conta os lançamentos nos salões automóveis deste ano.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Marketeer
Toys’”R”US lança aceleradora de startups