Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Novo VW Touran aponta aos monovolumes premium

[wonderplugin_gallery id=”28″]

 

A Volkswagen vai seguir para o lançamento do novo monovolume Touran a mesma estratégia que seguiu com o Passat, puxando a sua oferta para cima, mais para perto das chamadas marcas premium.

O novo Touran é maior que o modelo anterior e incorpora todas as tecnologias de ponta, algumas delas inéditas no segmento, que a marca já apresentara com o familiar Passat, em termos de conforto e sistemas de informação, entretenimento e segurança.

“Este carro é um modelo importante para nós porque vem colmatar uma falha de gama, pois já não tínhamos um monovolume médio de sete lugares desde que, em 2013, o anterior Touran deixou de estar à venda”, explica Ricardo Tomás, diretor de marketing e comunicação da Volkswagen em Portugal. Embora exista em versão de cinco lugares noutros mercados, a SIVA decidiu vender o Touran em Portugal apenas com os dois lugares extra, para não canibalizar as vendas do seu monovolume compacto Golf Sportsvan.

Ricardo Tomás garante que o Touran é “um modelo para famílias jovens”, o que o distingue, em termos de publico-alvo, dos grandes monovolumes, como o Volkswagen Sharan, destinados a um target mais maduro.

O coração da gama Touran em Portugal será a versão 1.6 TDI Confortline, que deverá garantir cerca de 2/3 das vendas. O facto de se vender basicamente com esta motorização, atenua o efeito de canibalização de vendas com o Sharan, que não dispõe do 1.6 TDi e tem no 2.0 TDI como base da gama. Além de que o Sharan é mais caro.

O Touran 2015 custa, no nível de equipamento Confortline, menos 118 euros que o modelo da anterior geração, mas com muito mais equipamento, correspondendo a uma vantagem cliente no valor de 575 euros. Na versão Hihline, o preço cai 3408 euros e a vantagem cliente sobe para 3656 euros.

O facto da vantagem cliente ser maior no Highline indicia que a Touran vai apontar diretamente ao Série 2 Active Gran Tourer , a versão de 7 lugares do monovolume BMW, e que soma já cerca de 150 unidades desde a sua chegada ao mercado nacional, este ano. Em Setembro, o BMW 2 Active Gran Tourer foi o segundo modelo mais vendido do segmento dos monovolumes médios de 7 lugares, perdendo apenas para o Kia Carens.

O Touran é um muito importante para a Volkswagen, pois foi durante muito tempo o 4º modelo mais vendido da marca, a seguir ao Golf, Polo e Passat. A primeira geração foi lançada em 2006 e foi alvo de duas atualizações, em 2006 e 2010. Deixou de se vender em 2013, depois de mais de milhão e meio de unidades vendidas em todo o mundo.

Em Portugal, vendeu em dez anos mais de 3700 unidades, tendo oscilado entre a 4ª e a 5ª posições na tabela de vendas do seu segmento.

O mercado dos monovolumes médios e grandes com 5 ou 7 lugares vale cerca de 6 mil unidades anuais em Portugal. A BMW é líder de vendas, com o compacto Série 2 Active Tourer e a versão longa se 7 lugares Gran Tourer a somarem quase 1200 unidades vendidas desde Janeiro. O Mercedes-Benz Classe B é segundo com mais de 700 unidades e a Citroen está na 3ª posição, co m mais de 500 unidades vendidas do C4 Picasso e Grand C4 Picasso.

A Volkswagen é a 4ª marca mais vendida do subsegmento dos monovolumes compactos de 5 lugares, com o Golf Sportsvan, e lidera entre os grandes monovolumes, com o Sharan.

Consulte a tabela de vendas de monovolumes em Portugal, aqui.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Acabaram o doutoramento e o futuro reserva-lhes um salário de 1201 ou de 3192 euros
Marketeer
Nesta cozinha há Lisboa e novos petiscos para partilhar