Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Comissão Europeia sabia da falsificação de emissões desde 2013

Der neue Volkswagen Golf GTD

O comissário europeu do Ambiente alertou os colegas da comissão para a existência de fabricantes a manipular os dados de emissões em testes a motores diesel, em 2013, segundo a publicação Financial Times.

Esta informação terá assim sido passada aos membros executivos da União Europeia dois anos antes do escândalo em que Volkswagen se viu envolvida ter sido descoberto. A mesma publicação afirma que, apesar disso, a UE permitiu que a falha regulatória continuasse a existir, ao ter tido acesso a correspondência trocada entre responsáveis europeus.

Numa carta, o comissário do Ambiente, Janez Potocnik, refere este caso ao comissário da Política Industrial, Antonio Tajani, refere o jornal, afirmando o primeiro que “há preocupações generalizadas de que o desempenho [dos motores] tenha sido ajustado para cumprir o ciclo de testes, apesar de um significativo aumento das emissões fora desse contexto”.

No entanto, a falsificação destes dados ficou conhecida apenas a 18 de setembro, altura em que o grupo VW revelou que cerca de 11 milhões de veículos estão afetados pelo software malicioso instalado em motores diesel alterando os dados de emissões de óxido de azoto. Em Portugal, existem cerca de 117 mil veículos afetados.

 

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Marketeer
Huawei vai ao Porto mostrar mais-valias do 5G