Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Mercedes-Benz Classe B a hidrogénio percorre 1609 km

Mercedes-Benz B-Class F-CELL

A Mercedes-Benz atingiu um feito notável para a marca ao levar um Classe B F-Cell, alimentado a hidrogénio, desde Los Angeles até São Francisco utilizando apenas as estações de carregamento públicas já instaladas nas ruas norte-americanas.

A equipa que esteve atrás do volante reabasteceu quatro vezes este veículo, num total de 1609 quilómetros em três dias de viagem. A marca anunciou ainda que pretende ter no mercado um veículo equipado com células de combustível em 2017.

Durante esta viagem, três clientes acompanharam a equipa de Pesquisa e Desenvolvimento da marca alemã, de forma a demonstrar que este tipo de combustível é uma opção viável para o quotidiano com o crescimento de infraestruturas de abastecimento de hidrogénio.

Atualmente, a Mercedes-Benz está a desenvolver um programa piloto de leasing destes modelos para testar a sua utilização em circunstâncias reais. Loki Efaw é um dos clientes que faz parte desta experiência, explicando as razões pelas quais o faz.
“Não quero um carro que me leve apenas para o trabalho e de volta a casa antes de ter de o recarregar de novo. Quero um carro que possa conduzir e conduzir… E este carregamento demora apenas uns minutos. É assim que devia ser e é por isso que o consecutivo crescimento de estações de hidrogénio é absolutamente necessário e esta viagem é a prova disso”, referiu Efaw.
Na Califórnia existem dez estações de carregamento, sendo que está prevista a abertura de 40 postos no próximo ano. Com uma autonomia de 400 quilómetros e apenas três minutos de abastecimento, existem já 300 exemplares do Mercedes-Benz Classe B F-Cell neste momento nas ruas, efetuando ainda diversos testes de pesquisa. No total, esta frota já completou mais de 12 milhões de quilómetros.
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Marketeer
Cuizeat: a nova mercearia inteligente e saudável