Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Motores 3.0 V6 TDI do Grupo Volkswagen também na mira da EPA

vwlogo2 A Agência para a Proteção Ambiental (EPA) dos Estados Unidos da América (EUA) identificou mais motores do Grupo Volkswagen potencialmente equipados com software capaz de adulterar as emissões, embora a marca germânica tenha já emitido um comunicado no qual nega essa hipótese. A EPA referiu que cerca de 10 mil veículos do grupo germânico podem estar equipados com um software idêntico àquele presente nos motores EA 189, apontando os blocos V6 3.0 TDI presentes em modelos da Audi, Porsche e Volkswagen. Numa nota emitida ao final do dia de ontem, a EPA referiu que os Volkswagen Touareg de 2014, Porsche Cayenne de 2015 e os Audi A6 Quattro, A7 Quattro, A8, A8L e Q5 equipados com motor V6 3.0 TDI possuíam um software não explicitado pelo grupo Volkswagen, podendo configurar uma adulteração das emissões poluentes. De acordo com os dados da EPA, tratam-se de cerca de dez mil veículos de 2014 e 2015, podendo haver ainda modelos em versão 2016 envolvidos, embora em número não explicitado. Segundo a agência norte-americana, os veículos e os anos de identificação apontados referem-se aos recentemente testados. Este motor foi desenvolvido pela Audi e tem sido utilizado em diversos modelos do grupo desde 2014. Contudo, em comunicado, a Volkswagen garante que não conta com nenhum software nos seus motores V6 diesel que lhes permita adulterar as emissões poluentes. “A EPA informou a Volkswagen na segunda-feira de que os veículos com motor V6 TDI têm uma função de software que não foi adequadamente descrita no processo de homologação”. Sobre isso, lê-se no mesmo comunicado que “a Volkswagen AG quer enaltecer que nenhum software foi instalado no motor V6 de 3.0 litros de forma a alterar as emissões poluentes de maneira proibida”. A marca garante, ainda, que vai colaborar totalmente com a EPA para clarificar esta situação na íntegra.]]>

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Marketeer
Nos, Havas e OMD lideram investimento publicitário em Portugal