Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Eis a solução da Volkswagen para corrigir emissões de NOx nos diesel

VW Golf site A Volkswagen detalhou hoje os procedimentos que irá adotar para solucionar o problema referente às emissões adulteradas de óxido de azoto (NOx) nos veículos equipados com motores diesel EA 189. Segundo um comunicado da marca alemã, a correção dos problemas terá início na fase inicial do próximo ano e será obrigatória para todos os modelos afetados. Recorde-se que os motores EA 189 (1.6 e 2.0 TDI) estão equipados com um software capaz de adulterar as emissões poluentes nocivas, tendo a Volkswagen chegado agora a um entendimento com as autoridades germânicas (Autoridade Federal de Transportes da Alemanha) para uma solução definitiva para este caso e para recolocar os blocos em conformidade legal no que às emissões de NOx diz respeito. Ao contrário do que a marca inicialmente supunha, os procedimentos não são tão significativos como previsto, sendo que às unidades 1.6 TDI bastará a colocação de um ‘transformador de fluxo’ de ar na parte dianteira do sensor de ar, conseguindo dessa forma uma medição mais apurada da entrada de ar assim potenciando um nível de mistura (ar/combustível) adequado para a combustão. Está ainda prevista uma atualização de software para a unidade de gestão eletrónica do motor. Quanto ao motor 2.0 TDI, ainda de acordo com os dados revelados pela Volkswagen, os procedimentos revestem-se de maior simplicidade, já que apenas será aplicada uma atualização de software de gestão eletrónica. Os procedimentos deverão levar entre uma hora, no caso do 1.6 TDI, e 30 minutos apenas, no caso do motor 2.0 TDI. vw A Volkswagen salvaguarda que as prestações e os consumos destes motores não serão afetados por estas soluções, estando previsto que as chamadas à oficina se iniciem já em 2016. A expectativa da marca é que no final do mês de janeiro já se estejam a corrigir os problemas nas unidades diesel afetadas, devendo durar todo o ano. Os mesmos procedimentos serão aplicáveis a todos os modelos do Grupo Volkswagen atingidas por este problema, ou seja, o mesmo é dizer que também os motores montados em automóveis da SEAT, Audi e Skoda serão tratados da mesma forma. Caberá ao representante de cada país comunicar com os clientes afetados e agendar a resolução do problema, colocando mesmo à disposição um veículo de substituição enquanto a reparação estiver em curso. Uma solução para os motores 1.2 TDI de três cilindros também será revelada até final deste mês, embora se preveja igualmente uma atualização de software para colocá-lo dentro da legalidade. Esta é a solução encontrada pela Volkswagen para um dos problemas que afeta cerca de 11 milhões de veículos a gasóleo a nível mundial, embora a marca tenha recentemente alertado para um outro, relativo às emissões ‘discrepantes’ de emissões de CO2 reais face às anunciadas em cerca de 800.000 automóveis. A solução para estas ainda está a ser debatida, prevendo-se para breve também uma solução. A marca divulgou a lista de modelos afetados, mas fez já saber que qualquer prejuízo financeiro decorrente de uma maior taxação fiscal nos países em que os impostos são pagos pelas emissões de CO2 será pago por si e não pelos clientes.]]>

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Marketeer
Conhece o segredo dos filmes de Natal para serem tão populares?