Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Porsche 911 Turbo e Turbo S: os ícones renovam-se

[wonderplugin_gallery id=”72″]

 

A Porsche renovou o bastião máximo da sua gama 911, passando a oferecer novos argumentos para as versões Turbo e Turbo S, que se contam pelo acréscimo de 20 cv na potência máxima de cada um e por atributos dinâmicos reforçados pela marca de Zuffenhausen.

Assim, tal como sucedeu com a restante gama 911, de que também já aqui demos conta, o novo 911 Turbo sofreu alguns retoque estéticos, ainda que a Porsche tenha mantido as linhas quase inalteradas numa prova de que ‘em equipa que ganha não se mexe’.

Assim, a frente conta com novas lâminas nos para-choques e luzes LED nos extremos que concedem a essa secção um visual mais largo. Observando o novo 911 Turbo de perfil, destacam-se as novas jantes de 20 polegadas. Outras novidades são as dimensões das jantes do 911 turbo: com as medidas de 9 J x 20 à frente e 11.5 J x 20 atrás, ou seja, polegada e meia mais largas e possuem a mesma dimensão das jantes do 911 Turbo S. A secção traseira também foi trabalhada, contando com farolins de efeito tridimensional e saídas de escape duplas redesenhadas. Também a grelha traseira foi retocada e compreende agora três partes: as secções direita e esquerda possuem lamelas longitudinais e ao centro existe uma tomada de ar separada para optimizar a indução para o motor.

911 Turbo S

Apresentado no próximo Salão de Detroit, em janeiro de 2016, os modelos estarão disponíveis nas variantes coupé e cabriolet logo desde o início. O motor de seis cilindros bi-turbo com 3.8 litros debita agora uma potência de 540 cv no 911 Turbo. Este incremento de potência foi obtido através da modificação da admissão da cabeça dos cilindros, novos injetores e pressão de combustível mais elevada. Já o 911 Turbo S desenvolve agora 580 cv graças aos novos turbos de maiores dimensões. Segundo a Porsche, a marca alemã  continua a ser o único construtor automóvel a utilizar turbos com turbinas de geometria variável em motores a gasolina.

Agora, o motor possui a conhecida função dinâmica de aumento de binário, de forma a melhorar a resposta do motor quando está em modo de operação dinâmica. Esta função mantém a pressão mesmo durante as diferenças de carga – por exemplo, quando o acelerador é brevemente aliviado. Isto é conseguido com a interrupção da injecção de combustível, enquanto a válvula do acelerador se mantém aberta. Como resultado, o motor reage practicamente sem atraso a uma nova pressão no acelerador. Os efeitos desta função são mais pronunciados no modo de condução Sport e Sport Plus do que no modo normal.

Se, por um lado, as prestações melhoraram, os consumos foram reduzidos. De acordo com a Porsche, o 911 Turbo S Coupé acelera dos 0 aos 100 km/h em 2,9 segundos. A velocidade máxima é de 330 km/h. Já o 911 Turbo alcança a marca dos 100 km/h em 3,0 segundos e a velocidade máxima é de 320 km/h. Os coupés consomem 9,1 l/100 km e os cabriolets 9,3 l/100 km. A razão para essa maior eficiência passa pela eletrónica do motor mais avançada e uma transmissão com novos mapas de gestão.

O chassis dos novos modelos 911 Turbo, com PASM de série, conseguem agora uma ainda melhor relação entre performance e conforto. Além disso, o 911 Turbo S oferece ainda o PDCC (Porsche Dynamic Chassis Control) e o PCCB (Porsche Ceramic Composite Brake System) de série. As novas opções para todos os modelos 911 Turbo são o sistema de assistência à mudança de faixa e o sistema de elevação do eixo dianteiro, que pode ser utilizado para aumentar a altura ao solo do spoiler da frente em 40 mm a velocidades reduzidas.

Neue Porsche 911 Turbo und Turbo S (9)

A acompanhar esta geração de modelos, o novo sistema de infoentretenimento do PCM com sistema de navegação surge de série nos novos modelos 911 Turbo. A navegação também pode aceder às últimas informações de trânsito em tempo real. Os percursos e os locais podem ser visualizados com imagens de 360 graus e imagens de satélite.

Em Portugal, o novo Porsche 911 Turbo vai ser lançado no final de janeiro de 2016 com os preços a iniciarem-se nos 209.022 euros para o 911 Turbo, indo até aos 252.429 euros do 911 Turbo S Cabriolet. Pelo meio contam-se os Turbo Cabriolet, por 223.278 euros e o 911 Turbo S por 238.173 euros.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Marketeer
Toys’”R”US lança aceleradora de startups