Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Mais de 50% dos condutores não usam as cadeirinhas mais seguras

crianças

O estudo anual do ACP, PRP e Cybex revela que mais de 50% dos condutores não usam as cadeiras mais seguras. As cadeiras em causa são aquelas que segundo os especialistas contêm encosto para a cabeça e protetores laterais, reduzindo até seis vezes o risco de lesões na cabeça num impacto lateral quando comparado com um assento elevatório.

Em números sabe-se ainda que 62% dos 2300 inquiridos consideram mais seguro transportar uma criança numa cadeira completa com costas até aos 12 anos ou 1,35m; 20% considera que é melhor utilizar um assento elevatório/ “banquinho”; 19% considera ser igual ou afirma não saber e 50,2% das cadeiras utilizadas pelos inquiridos são assentos elevatórios.

A maioria dos inquiridos acha também que as colisões na traseira e as frontais são os acidentes mais comuns, mas a realidade mostra que são os despistes e as colisões laterais os que mais acontecem. Quanto à gravidade dos acidentes, a perceção dos inquiridos e a realidade nas estradas portuguesas são coincidentes, pois as colisões frontais são de facto os acidentes mais gravosos, seguidas dos despistes e, em terceiro lugar, pelas colisões laterais.

Os dados deste estudo são resultado de crash-tests realizados por entidades independentes, um novo inquérito para conhecer a opinião dos condutores e uma análise geral dos acidentes e a mortalidade infantil. Os inquiridos eram todos do sexo masculino, com idades compreendidas entre os 30 e os 59 anos, entre dois e 25 anos de carta, percorrendo entre 30 a 200 km por semana com uma criança no carro.

Contudo, além dele, é ainda importante salientar que o Automóvel Club de Portugal, a Prevenção Rodoviária Portuguesa e o fabricante de cadeiras de segurança infantil Cybex apresentam pelo terceiro ano consecutivo a campanha “A Segurança Responsável – a eficácia da proteção lateral”, de modo a consciencializar todos os portugueses sobre a importância de transportar uma criança em cadeiras completas.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Xmas Work: chegou a ‘app’ que o vai ajudar a encontrar trabalho este Natal
Marketeer
Nesta cozinha há Lisboa e novos petiscos para partilhar