Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Os dez protótipos mais marcantes de 2015

Exercícios de design ou verdadeiras antevisões das apostas futuras dos fabricantes, os concepts ou protótipos são parte integrante e fulcral da indústria automóvel que se materializa nos salões espalhados pelo mundo. Destacamos os dez modelos mais marcantes revelados este ano, quer seja pela sua importância para o futuro da marca, como é o caso do Citroën Aircross ou do Audi e-tron quattro, quer seja pela tecnologia demonstrada, como o Mercedes-Benz F015, quer seja apenas pelo design extravagante que promete revolucionar o mundo automóvel, como o Bugatti Grand Turismo Vision ou o Lexus LF-SA.

 

Aston Martin DBX

1053407_DBX Concept_02

O Aston Martin DBX, revelado no passado Salão de Genebra, destaca-se por apresentar uma carroçaria de três portas e motorização eléctrica. A versão de produção deste SUV, por seu lado, deverá recorrer a propulsão mais tradicional e a carroçaria de cinco portas para maior versatilidade, seguindo aquilo que marcas como a Bentley, Jaguar ou a Rolls Royce também já estão a preparar.

Audi e-tron quattro

Static photo, Colour: electric green

A Audi propõe com este e-tron Quattro o futuro SUV que fará parte da gama da marca em 2018. Este é um protótipo totalmente elétrico com aerodinâmica bastante trabalhada e conjunto motriz composto por três motores elétricos – um para o eixo dianteiro e dois para o eixo traseiro, para uma potência total que pode ascender até aos 370 kW. Apresentado no certame de Frankfurt , a potência total deste SUV elétrico é de 320 kW, mas em modo ‘boost’ esse valor pode ser incrementado para os 370 kW e para os 800 Nm de binário. A aceleração dos 0 aos 100 km/h cumpre-se em apenas 4,6 segundos, podendo alcançar uma velocidade máxima (limitada) de 210 km/h.

Bugatti Vision Gran Turismo

Bugatti-B-GT-3

Foi também em Frankfurt que a Bugatti apresentou o concept em tamanho real do super carro dedicado ao universo dos videojogos. O Bugatti Grand Turismo Vision é inspirado na tradição “racing” da marca e um tributo às vitórias do Bugatti Type 57 Tank nas edições do Le Mans em 1937 e 1939. As cores predominantes são dois tons de azul distintos e as formas são largas e convexas contrastando com linhas fortes e transições côncavas. Os detalhes característicos da linha Bugatti continuam presentes, como o caso do seu símbolo implementado na própria grelha do carro.

Citroën Aircross

aircross

 

Este Citroën, apresentado no certame de Xangai, antecipa o futuro do segmento SUV da marca francesa. O Aircross tem uma imagem mais diferenciada com linhas fluídas e elementos gráficos fortes, como os Alloy Bumps ou Air Signs, tentando dessa forma distinguir-se como havia feito com o C4 Cactus anteriormente. Inspirando-se nos Air Bumps do Cactus, os Alloy Bumps são formados por uma estrutura alveolar em mousse de alumínio muito absorvente. Equipado com tecnologia híbrida Plug-in, este protótipo está equipado com um bloco elétrico e outro a gasolina, debitando no total 313 cv.

Citroën Cactus M

Citroen-Cactus-M-Concept-36

O Salão de Frankfurt recebeu um dos protótipos mais badalados deste ano, o Cactus M, versão transformada do Citroën Cactus que resgata o espírito do clássico Mehári. Inspirado nos traços funcionais de um barco, este crossover é totalmente lavável a jatos de água, graças a escoadores integrados no chão da plataforma e o seu interior transforma-se num beliche, enquanto a capota em lona se declina numa tenda, oferecendo ainda proteção em caso de chuva. O Cactus M vem equipado com um motor gasolina PureTech S&S EAT6 de última geração, com 110 cv, apresentando um consumo de 4,8 l/100 km e emissões na ordem dos 110 g/km.

Lexus LF-SA

LEXUS_LF-SA_03_GENEVA_MS_2015

Revelado no passado Salão de Genebra, o Lexus LF-SA Concept dividiu opiniões ao apresentar linhas bastante arrojadas. Este foi introduzido ao público como um exercício estilístico para comemorar o 25.º aniversário do primeiro Lexus, o LS400. Com configuração do habitáculo 2+2 e apenas 3400 mm de comprimento, o LF-SA Concept resultou das mentes criativas do estúdio de design europeu da Lexus, transportando a identidade de desenho da marca para um novo patamar, mais futurista e agressivo. Contudo, face à estética marcante e centralizadora de opiniões tão distintas, a Lexus indica que este é mesmo o caminho a seguir para os futuros modelos da marca de luxo da Toyota.

Mercedes F015

Mercedes-Benz F 015 Luxury in Motion in Shanghai, Mai 2015 Mercedes-Benz F 015 Luxury in Motion at Shanghai, May 2015

Revelado no Salão de Detroit, este protótipo é o que a marca acreditar ser o seu futuro.O Mercedes F015 Luxury in Motion, de seu nome completo, tem linhas futuristas e minimalistas e como grande novidade o seu interior que promete mudar a noção de viagem. Com 200 km de autonomia, os bancos da frente deste Mercedes-Benz viram-se para trás formando uma pequena sala de reuniões. Isto porque é totalmente autónomo, possibilitando ao condutor que se liberte das tarefas de condução

Nissan Gripz Concept

nissan-gripz-concept-iaa2015-46

Com um estilo desportivo e muito agressivo, o Nissan Gripz Concept tem como objetivo encantar os mais jovens e encarna o segmento mais procurado por este target: os crossovers compactos. Em termos de motorizações, este protótipo vem equipado com uma tecnologia híbrida, a ‘Pure Drive’, que engloba um bloco a gasolina e um outro, elétrico, igual ao que se pode encontrar no Nissan Leaf. Como detalhes exteriores, o destaque vai para os apontamentos semelhantes ao Nissan Sway, com grelha em V, faróis dianteiros e traseiros em formato boomerang, tejadilho flutuante e um pilar C bastante elaborado. Como característica própria surgem os acabamentos em carbono, quatro portas, combinação de cores vermelho-laranja e preto mate para a carroçaria e dupla saída de escapes cromadas com formato trapezoidal.

Peugeot Fractal

Peugeot-Fractal-25

O Peugeot Fractal é um coupé eléctrico urbano fruto de um estudo prospectivo do Peugeot i-Cocpkit. Conta com uma assinatura sonora criada pelo designer sonoro Amon Tobin e detalhes tão exclusivos quanto o facto de poder abrir as portas remotamente através de um relógio conectado ao condutor.  Este protótipo dispõe de uma bateria de iões de lítio de 40kWh que alimenta os motores elétricos situados nos trens dianteiro e traseiro para uma potência total equivalente a 150kW/204 cv. Em ciclo misto, a autonomia do modelo atinge os 450 km de distância e graças ao seu peso de 1000 kg, o Peugeot Fractal acelera dos 0 aos 100 km/h em 6,8 segundos.

Toyota C-HR

Toyota-C-HR-Concept-1

Apresentado no certame de Paris e de Frankfurt, este Toyota C-HR está prestes a conhecer a sua versão de produção já em março, no Salão de Genebra. Com entrada no mercado marcada para o início do próximo verão, o C-HR deverá contar com cinco portas, ao contrário do concept apresentado em Paris, demonstrando-se um verdadeiro concorrente para modelos como o Nissan Juke. Em termos de design, destaque para a linha traseira do tejadilho rebaixada que lhe dá um look mais desportivo. Produzido com base na plataforma TNGA da Toyota, cujo primeiro automóvel a produzir foi o novo Prius, poderá a ainda a vir ter uma versão híbrida, que a marca nipónica diz ser o primeiro dentro do seu segmento.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Marketeer
Conhece o segredo dos filmes de Natal para serem tão populares?