Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

VW confirma que não irá vender nenhuma das suas marcas

volkswagen-Grupo

A Volkswagen quis pôr fim a muitos dos rumores que circulavam no mercado, anunciando que não irá vender nenhuma das suas marcas como consequência do escândalo das emissões falseadas.

“Nunca pensámos nessa opção. As 12 empresas que compõem o Grupo VW são bem sucedidas individualmente”, explica o CEO do Grupo, Matthias Müller, em comunicado.

O representante anunciou ainda que está em cima da mesa uma possibilidade de recompensar todos os clientes de modelos afetados uma vez que os seus automóveis poderão sofrer uma grande desvalorização em caso de revenda. Contudo, esta iniciativa não será um impedimento para que o Grupo consiga pagar tudo aquilo que lhe foi imposto. “Não tenho ideia de quanto custará todos estes processos mas acredito que a VW tem o budget suficiente para os enfrentar”, concluiu Müller.

Como objetivo último a empresa está ainda focada em melhorar a gestão e cooperação entre equipas uma vez que os seus diretores acreditam que a grande falha do fabricante foi a falta de partilha de informação. “Toda a gente na organização tem de estar numa posição capaz de analisar a gravidade da situação e perceber que a mesma tem de ser partilhada”, enfatiza o CEO.

Em janeiro próximo está prevista uma visita do CEO do Grupo a Detroit com o objetivo do mesmo se encontrar com as autoridades e tudo indica que daqui em diante a posição do fabricante alemão nos Salões será mais humilde e contida. Por agora, a marca garante que a reputação da mesma no mercado permanece igual e que as ações já recuperaram cerca de 40% após a crise das emissões. No entanto, há que perceber o que é prioritário é cancelar ou adiar tudo o que for irrelevante ou completamente desnecessário.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Marketeer
IKEA vai financiar projectos que promovam o direito a brincar