Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Os cabrios e coupés que chegam em 2016

Um dos grandes prazeres da vida para quem gosta de automóveis é estar atrás do volante de um descapotável num dia de sol e cabelos ao vento. Em 2016 o mercado vai ganhar algumas novidades de peso no segmento dos cabrios e coupés. Saiba quais, aqui.

Mercedes Classe S Cabrio

O novo Mercedes-Benz Classe S Cabriolet é o primeiro descapotável da marca com quatro lugares desde 1971 e contém soluções inovadoras em termos de rigidez estrutural, tal como o compartimento da bagageira produzido num misto de alumínio e magnésio para redução do peso e aumento da rigidez. Quanto a dimensões, apresenta 5027 mm de comprimento, 1899 mm de largura e 1417 mm de altura. O interior oferece também diversos elementos de maior requinte, como os materiais mais elaborados acrescidos a elevado rigor de construção, elevados níveis de personalização em termos de elementos para o habitáculo. Quanto à gama de motores, o Classe S Cabriolet recebe a mesma leva de blocos oferecidos no Coupé, dois deles disponíveis no lançamento (no início da próxima primavera): o S500 com motor V8 a gasolina de 4.7 litros e 455 cv e 700 Nm de binário associado a caixa automatica 9G-Tronic será um deles, propondo consumo médio de 8,5 l/100 km e emissões de CO2 de 199 g/km.

Mercedes-Benz SL

Mercedes-Benz SLC, R 172, 2015

Renovando um ícone da indústria automóvel, a Mercedes-Benz apresenta no Salão de Los Angeles a atualização do SL, modelo que chegará ao mercado na primeira metade de 2016 munidos de estética renovada e técnica melhorada.Este novo SL destaca-se por contar com aparência mais em linha com os restantes modelos da marca, com a secção dianteira a apresentar alguns traços idênticos aos do AMG GT, mas também ao novo Classe A. Em resultado destas alterações, o capô, o para-choques, os faróis e a grelha são totalmente novos. A gama de motores compreende agora uma versão SL 400 equipada com motor V6 de 367 cv e 500 Nm de binário (mais 35 cv e 20 Nm), bem como o SL 500 com o motor V8 de 455 cv de potência. O primeiro acelera dos 0 aos 100 km/h em 4,9 segundos, ao passo que o segundo cumpre o mesmo exercício em 4,3 segundos. Além dessas duas versões, o SL conta ainda com os Mercedes-AMG SL 63 e SL 65, este último munido com um motor V12 de 6.0 litros e 630 cv de potência, capaz de acelerar dos 0 aos 100 km/h em meros 4,0 segundos. Já a versão SL 63 recorre a um bloco V8 de 585 cv com aceleração dos 0 aos 100 km/h em 4,1 segundos. A velocidade máxima encontra-se limitada eletronicamente aos 250 km/h em todos os modelos SL.

Mini Cabrio

New_MINI_Conv_2016 (12)

O novo Mini Cabrio cresce 98 mm em termos de comprimento, 44 mm em largura e 7 mm em altura, ganhando ainda 28 mm de distância em relação ao solo – números referentes à comparação com a geração anterior. O aumento das dimensões reflete-se ainda no volume da bagageira, com 215 litros com o teto posto e 160 litros quando o mesmo está recolhido. O tejadilho em lona precisa de 18 segundos para abrir ou fechar, a uma velocidade de até 30 km/h. Na fase de lançamento, o Mini Cabrio estará disponível com dois motores a gasolina e um Diesel. A gama começa com o três cilindros a gasolina 1.5 turbo com 136 cv e o três cilindros 1.5 diesel com 116 cv. Mais tarde, entrará na gama uma versão One a gasolina, com um motor 1.2 com 102 cv, a variante Cooper SD com um 2.0 diesel a debitar 170 cv e o JCW com um 2.0 turbo com 231 cv.

Land Rover Range Rover Evoque Cabrio

Range Rover Evoque (6)

A Land Rover prepara-se para lançar o primeiro descapotável da gama Range Rover, o Evoque Convertible, naquela que será uma adição importante à gama da marca britânica. Este novo SUV pretende aliar a competência dinâmica e versatilidade de um TT com as virtudes especiais de um descapotável de luxo. O Range Rover Evoque Cabrio conta com uma capota de pano 100% automática que abre em 18 segundos e fecha 21. Além disso, pode ser manuseada até uma velocidade de cerca de 50 km/h. A marca britânica garante que o isolamento sonoro, quando a capota se encontra fechada, é tão forte quanto o Evoque que serviu de inspiração a este modelo. Com menor capacidade de carga – de 420 litros para 251 – e mais pesado face ao Range Rover Evoque, este modelo oferece no mercado europeu um bloco 2.0 TD4 Ingenium diesel de 178 cv, cujas as emissões de CO2 se encontram nos 149g/km ao passo que o consumo misto se situa nos 5,1l/100km. A gasolina, as ofertas baseiam-se também em motores de quatro cilindros Si4 mas com potências maiores, capazes de chegar aos 240 cv.

 

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...