Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Mercedes-Benz GLC Coupé: A nova face do SUV desportivo

A Mercedes-Benz chega a Nova Iorque, para o Salão local, com bastantes novidades, sendo que uma das mais importantes é a chegada do GLC Coupé para completar a gama do seu SUV GLC, numa proposta mais dinâmica e estilisticamente elegante do que o outro modelo da gama.

Posicionada exatamente como a alternativa SUV do Classe C, esta geração do GLC mescla a robustez do GLE Coupé com a elegância do Classe C Coupé, sobretudo na secção traseira, com pilar C de linha descendente mais suave e uma pequena saliência atrás na zona da bagageira.

Com 4730 mm de comprimento e 1600 m de altura, o GLC Coupé mostra-se mais comprido em 74 mm do que o GLC base, ainda que tenha a mesma distância entre eixos (2870 mm). Por outro lado, o visual dinâmico é reforçado pela altura reduzida em 39 mm comparativamente uma vez mais ao GLC. A marca de Estugarda promete níveis de habitabilidade semelhantes aos do SUV GLC, enquanto a bagageira oferece 491 litros, menos 59 litros do que o seu ‘gémeo’. O rebatimento dos bancos traseiros, em proporção 40/20/40, permite aumentar a capacidade da mala para os 1205 litros.

A variedade de motores mimetiza aquela vista no GLC, com uma série de blocos de elevada eficiência, num total de oito variantes, incluindo uma versão Plug-in híbrida e uma variante AMG 43. Contudo, no lançamento estarão disponíveis apenas os motores diesel de quatro cilindros para os 220 d e 250 d 4Matic com potências de 170 cv e 204 cv, e o motor a gasolina 250 4Matic de 211 cv.

Mais tarde, chegará, então, o GLC 350 e 4Matic Coupé com 320 cv de potência combinada, tração integral e maior eficiência: anuncia velocidade máxima de 235 km/h, aceleração dos 0 aos 100 km/h em 5,9 segundos e emissões de CO2 entre 59 e 64 g/km. Consegue, também, cumprir até 30 quilómetros em modo puramente elétrico.

Para os amantes da condução desportica, a marca prepara também o Mercedes-AMG GLC 43 4Matic com um bloco V6 bi-turbo de 367 cv, capaz de acelerar dos 0 aos 100 km/h em menos de cinco segundos.

Todos os modelos, com exceção do GLC 350 e 4Matic (que terá caixa 7G-Tronic Plus), equipam a caixa 9G-Tronic de nove velocidades.

Em termos dinâmicos, o GLC Coupé surge com suspensão desportiva com sistema Dynamic Select e cinco modos de condução (Eco, Comfort, Sport, Sport+ e Individual), a par de direção mais precisa do que o GLC de base. Contudo, a marca oferece também duas variantes de suspensão adaptáveis, uma delas a Dynamic Body Control assente em molas de aço e, a outra, a Air Body Control, com sistema de câmaras de ar que ajustam o amortecimento de forma automática.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Estas profissões vão desaparecer já a partir deste ano. Saiba se a sua é uma delas
Marketeer
Feitoria vence Melhor Restaurante nos Prémios Mesa Marcada