Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Nissan GT-R: O ‘Godzilla’ está de volta e melhor do que nunca

A Nissan revelou em Nova Iorque uma ligeira atualização para o seu desportivo de topo, o GT-R, procurando mantê-lo atualizado para fazer face à concorrência cada vez mais forte. De acordo com a marca nipónica, as alterações que o GT-R recebe agora para o ano de 2016 são as mais relevantes desde que o mesmo foi lançado em 2007, tanto em termos estéticos como técnicos.

O exterior do GT-R foi retocado de forma subtil, contando agora com uma adaptação da grelha em ‘V’ que a Nissan tem aplicado à maioria da sua gama (aqui com acabamento em mate), mas também com para-choques redesenhado, incluindo maiores aberturas para maior capacidade de refrigeração do motor, surgindo também os capot modificado e um novo spoiler inferior.  Nas laterais, as saias estão mais proeminentes, tornando assim o seu aspeto ainda mais agressivo e modelando mais eficazmente a passagem do ar, enquanto na traseira alguns retoques foram dados para tornar a aerodinâmica mais eficaz, destacando-se ainda as entradas de ventilação laterais situadas ao lado da quadrupla saída de escape.

O objetivo foi simplesmente melhorar a eficácia aerodinâmica deste modelo, reduzindo a resistência e conferindo ao GT-R o mesmo apoio a altas velocidades. No habitáculo houve novas melhorias, com acabamentos mais Premium para estar à altura das pretensões dinâmicas deste Nissan, com o tablier e painel de instrumentos renovados e cobertos por couro de elevada qualidade.  O desenho da consola central foi igualmente melhorado e simplificado com controlo de áudio e navegação integrados e que permite desta forma uma redução dos 27 botões no modelo que sai de cena para os 11 neste modelo. O ecrã tátil de 8 polegadas mais intuitivo é outro dos elementos novos, o mesmo ocorrendo com as patilhas da caixa de velocidades relocalizadas no novo volante, para que o condutor possa trocar de relações sem tirar as mãos do volante.

O motor V6 de 3.8 litros bi-turbo passa a apresentar agora 570 cv de potência às 6800 rpm e 637 Nm de binário, devendo-se o incremento da potência à melhoria do funcionamento dos cilindros e ao aumento da pressão dos turbocompressores, surgindo associado a uma nova caixa de dupla embraiagem com seis velocidades para passagens de relação mais suaves e menos ruidosas. A marca garante que o motor nunca soou tão bem. A ressonância dos novos silenciadores de titânio e o sistema de Aumento Ativo de Sonoridade (ASE) melhoram a experiência de condução durante a aceleração.

Quanto ao chassis, a Nissan indica que melhorou a rigidez e a suspensão para maior estabilidade e passagens em curva mais velozes. As jantes são igualmente novas, com 20 polegadas de diâmetro.

OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Estas profissões vão desaparecer já a partir deste ano. Saiba se a sua é uma delas
Marketeer
Sushi At Home troca embalagens de plástico por cartão