Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

“Crossovers ajudam a construir uma imagem mais premium”

Paul Willcox - Nissan Europe

A Nissan quer aproveitar o enorme sucesso na Europa dos seus crossovers Qashqai e Juke para melhorar o perfile a notoriedade da marca. No ano passado, o Qashqai respondeu por metade das vendas da Nissan na região, que subiram 16% face a 2014, cavalgando a cada vez maior preferência dos consumidores europeus por SUV e crossovers.

A estratégia passa por tentar reposicionar o Qashqai mais próximo das marcas premium alemãs, que entraram em força no segmento dos SUV e crossovers compactos e têm ganho quota de mercado aos construtores generalistas. No ano passado, BMW X1, Mercedes-Benz GLA e Audi Q3 disputaram posições no Top 10 de vendas do segmento a propostas de marcas não premium, como o Renault Kadjar, o Peugeot 3008, o Ford Kuga ou o Volkswagen Tiguan.

Qashqai com tecnologia semi-autónoma já em 2017

No Salão Automóvel de Genebra a Nissan apresentnIou dois concepts, baseados no Qashqai e no SUV médio X-Trail, que antecipam futuras versões topo de gama de ambos os modelos, em ternos de equipamentos e tecnologias.  A partir do próximo ano, por exemplo, o Qashqai passará a dispor, como opção, sistema de condução semi-autónoma Piloted Drive, que permite a condução sem intervenção do condutor em autoestrada, estreando no segmento uma tecnologia até agora apenas presentes nos modelos das categorias superiores. “Há um desejo dos consumidores por tecnologia de última geração e estes carros revelam como nós podemos construir uma imagem mais premium para a marca, a partir dos nossos crossovers”, explicou à Automotive News Europe, Paul Willcox, presidente da Nissan Europe (foto).

O consumidor ainda não conhece a vantagem dos autónomos

Willcox não acredita num futuro em condução venha a ser no futuro 100% autónoma, “de tal maneira que permite que o condutor vá lendo o jornal”, mas garante que a tecnologia será uma importante ajuda ao condutor, embora não o substitua.

Antecipar o sucesso da opção Piloted Drive no Qashqai é difícil, “até porque há ainda um grande trabalho de comunicação a fazer por todo o sector para explicar o que é a condução autónoma e quais os seus benefícios”, adianta Willcox. “O sucesso dependerá de as pessoas perceberem o valor dessa tecnologia.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...