Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Volkswagen: Comissões de Administração e de Trabalhadores acertam plano de futuro

matthias muller

O CEO da Volkswagen AG, Matthias Müller, e o presidente da Comissão de Trabalhadores da Volkswagen, Bernd Osterloh, chegaram a acordo para os próximos passos da iniciativa Volkswagen 2025, tendo-se conseguido uma plataforma de entendimento para salvaguardar os locais de produção ao abrigo das estratégias Planning Round 65 e 2025.

Com enfoque desta última, o consenso permitirá o estabelecimento de uma estratégia comum com o responsável pela marca, Herbert Diess, havendo a intenção do Conselho de Administração do Grupo e do Conselho de Trabalhadores participarem ativamente e em parceria na construção de uma direção global para a marca, para as suas localizações e para os mercados mundiais.

Além disso, serão estabelecidos compromissos de salvaguarda de localizações de fábricas em solo Alemão. Ao abrigo do plano Planning Round 65, isso permitirá estabelecer um plano de curto e médio-prazo de medidas e investimentos, sendo ainda de registar os planos de longa-data para perspetivas de localização de infraestruturas a estabelecer também sob esta parceria.

“A marca Volkswagen representa mais de metade de toda a produção das infraestruturas do Grupo a nível mundial e, enquanto marca responsável pelo maior volume, é de particular importância para o Grupo Volkswagen. Tanto o Conselho de Trabalhadores como o Conselho de Administração aceitam a sua responsabilidade para mais de 215.000 trabalhadores. Uma estratégia clara é fundamental para o futuro da marca”, referiu Matthias Müller, abordando a importância deste acordo, algo partilhado com Bernd Osterloh.

“Estamos satisfeitos que o CEO do Grupo, Matthias Müller, vá apoiar o processo para o futuro a par do Conselho de Administração da marca Volkswagen. É um sinal forte para toda a equipa Volkswagen. O nosso objetivo é superar em conjunto os efeitos do escândalo das emissões e, ao mesmo tempo levar a Volkswagen para a era da mobilidade elétrica e da digitalização”, referiu Osterloh.

“Neste processo, no entanto, não nos devemos esquecer que as atividades das nossas localizações para os próximos anos vão estar relacionadas primariamente com os veículos convencionais”, acrescentou.

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Estas profissões vão desaparecer já a partir deste ano. Saiba se a sua é uma delas
Marketeer
O Boticário lança perfumes criados com a ajuda de IA