Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Sem luzes? Não há problema, os Ford autónomos vêem no escuro!

Fusion Nightonomy

A Ford testou durante uma noite, em completa escuridão, os Fusion Hybrid, veículos de investigação de condução autónoma, como parte do desenvolvimento dos sensores LiDAR que emitem 2,8 milhões de impulsos laser por segundo para verificar com precisão o ambiente circundante.

O resultado demonstrou a capacidade de desempenho para além dos limites do condutor humano – um  desenvolvimento importante na medida em que mostra que, mesmo sem câmaras (as quais dependem da luz), o LiDAR da Ford é capaz de funcionar ao longo de estradas sinuosas.

Nos Estados Unidos, os dados da autoridade nacional de segurança rodoviária ‘National Highway Traffic Safety Administration’ mostram que a taxa de acidentes fatais com os passageiros dos veículos durante a noite é cerca de três vezes superior à taxa durante o dia.

“Graças ao LiDAR, os veículos de teste não dependem da luz do sol, nem de câmaras que detectem as linhas brancas pintadas no asfalto”, afirmou Jim McBride, responsável técnico da Ford para os autónomos. “De facto, o LiDAR permite que os veículos autónomos andem tão bem no escuro tal como andam durante a luz do dia”, concluiu.

Para navegar no escuro, estes veículos da Ford usam mapas 3D de alta resolução, completos com informações sobre a estrada, marcações de estrada, geografia, topografia e marcos como sinais, edifícios e árvores.

Para o teste do deserto, os engenheiros da Ford, usaram óculos de visão nocturna para acompanhar o Fusion dentro e fora do veículo – e  a visão noturna permitiu-lhes ver uma grelha de feixes de laser infravermelhos projectados em torno do veículo.

Nightonomy autonomous driving

“Dentro do carro, sentia que este se movia, mas quando olhava lá para fora, apenas via escuridão”, revelou Wayne Williams, engenheiro e cientista de investigação. “Sentado no banco de trás, seguia a progressão do carro em tempo real usando a monitorização no computador. Sem hesitação, este permanecia no seu caminho ao longo das estradas sinuosas”.

Depois de mais de uma década de investigação sobre veículos autónomos, a Ford está dedicada em alcançar a capacidade de condução completamente autónoma, a qual (definida pela norma SAE International Level 4) não requer a intervenção do condutor e tem o controlo do veículo.

Este ano, a empresa triplicará a sua frota de autónomos de teste, aumentando o seu número para cerca de 30 modelos Fusion Hybrid de quatro portas, para testes em estradas na Califórnia, Arizona e Michigan, nos EUA.

 

[youtube height=”HEIGHT” width=”WIDTH”]PLACE_LINK_HERE[/youtube]

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...