Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Grupo Volkswagen com crescimento ‘brando’ no primeiro trimestre

carros mercado vendasCom as vendas de automóveis novos na Europa a subirem pelo 31.º mês consecutivo (um total de 6.0% na União Europeia), o Grupo Volkswagen mantém a liderança entre as marcas, embora a marca principal – a Volkswagen – tenha registado uma ligeira quebra no primeiro trimestre em comparação com o mesmo período do ano passado.

De acordo com os dados revelados hoje pela Associação Europeia de Construtores Automóveis (ACEA), o Grupo Volkswagen apresenta uma subida global de 3,7% no cômputo dos primeiros três meses de 2016, mas com o recuo da procura no mês de março (-1,6%), o total das vendas da Volkswagen desceu 0,5% entre janeiro e março, sendo ainda um reflexo da questão da manipulação das emissões poluentes.

No entanto, o Grupo Volkswagen acompanhou a tendência de mercado no mês de março e cresceu 2,6%, beneficiando em muito com o mercado do rent-a-car e, também, com o tradicional bom desempenho das marcas do grupo em mercados favoráveis como o Alemão, mesmo que no geral a subida seja mais ‘branda’ do que a de companhias rivais. Destaque também para as prestações positivas da Audi em março (+8,5%) e da Skoda (+8,0%), sendo que também as suas vendas se revelam relevantes para a manutenção do grupo numa posição de destaque em termos globais no primeiro trimestre: a marca de Ingolstadt cresceu 12,3% face ao período homólogo, ao passo que a marca Checa subiu 9,5%.

Na segunda posição mantém-se o Grupo PSA, que teve um crescimento em março de 1,4%, mas que no aglomerado do trimestre contabilizou uma subida de 5,4%, contando igualmente com o peso do mercado de rent-a-car na Europa e com a prestação de modelos como o C4 Cactus (da parte da Citroën) e 208 e 308 (da parte da Peugeot). Em fase de rejuvenescimento de produto, a DS também subiu no primeiro trimestre em 0,7%.

O grupo Renault, muito graças ao surgimento do novo Renault Mégane, subiu 8,9% em março, tendo a marca Francesa crescido 10,4%. No primeiro trimestre, a subida acumulada é de 6,9% repartido entre os 8,0% da Renault e os 4,4% da Dacia. A Ford surge na quarta posição, com um crescimento de março mais ligeiro – apenas 0,8% – mas no cômputo do primeiro trimestre alcança uma prestação de 7,8%.

Também beneficiando do efeito da chegada de um produto relevante, o Grupo Opel cresceu 6,1% em março, muito por ‘culpa’ do novo Astra, contando com uma subida geral de 10,8% no primeiro trimestre (11,1% de subida para a Opel). Relevante foi também a subida do Grupo FCA em março, na ordem dos 14,0%, sendo que no primeiro trimestre a subida foi de 16,7%, motivado pelos aumentos de vendas dos modelos Fiat e Jeep. No primeiro caso, muito a reboque da própria recuperação do mercado Italiano e, no segundo, motivado pelo sucesso do Renegade, um ‘primo’ do 500X.

Nas marcas Premium, o Grupo BMW também contou com um mês de março bastante proveitoso, subindo 15,3% (BMW com mais 15,6% e MINI com mais 14,2%) neste mês e um total de 11,8% no primeiro trimestre, surgindo logo à frente do grupo Daimler, cujo crescimento em março foi de 11,6% (Mercedes-Benz com 10,3% de subida e a smart com 22,9%). Com um ‘line-up’ de produtos renovado, o grupo liderado por Dieter Zetsche subiu 13,2% entre janeiro e março.

Pode consultar aqui os dados completos.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...