Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Salão de Paris: Ford, Volvo, Mazda e Alpine dizem ‘não’

renault

Depois da Ford, Volvo e Alpine, é a vez da Mazda anunciar que não estará presente no Salão de Paris que se irá realizar entre dias 1 e 16 de outubro deste ano.

De acordo com a marca nipónica, “a Mazda decidiu não participar no Salão de Paris” porque “as datas de apresentação dos novos produtos não coincidem com o evento”. Ou seja, para a fabricante de Hiroshima o salão francês não é razão suficiente para mudar a sua agenda.

Em dezembro de 2015, a norte-americana Ford tinha sido a primeira marca a ‘riscar’ do calendário o certame gaulês, seguida pela Volvo. Ambas explicaram que preferiam apresentar as suas novidades em eventos mais “impactantes” como os Salões de Genebra, Detroit e Pequim.

Já a Alpine invocou a indisponibilidade para partilhar os holofotes com outros fabricantes, preferindo apresentar o seu novo veículo num período do ano em que houver menos novidades.

Muito caro?

Destas quatro marcas que não irão a Paris, a Volvo foi a única que avançou com uma explicação complementar: o custo “significativo” que a sua presença implicaria, preferindo aplicar esse dinheiro noutros processos. Recorde-se que a marca sueca já antes tinha invocado razões semelhantes para não se apresentar em Frankfurt no ano passado.

Será que o Salão de Paris estará em risco? Para um porta-voz do Salão parisiense nada disso, até porque o preço por metro quadrado “até nem é muito caro”: apenas 175 euros. O que, recorde-se, é aproximadamente o mesmo que em Frankfurt e Genebra…

Para o certame deste ano, “a Jaguar, a Porsche ou a Mitsubishi vão aumentar a sua área de exposição” sem esquecer a marca que mais tem dado falar nos últimos tempos: a Tesla. Ou a Renault que já anunciou o seu novo concept desportivo:

CgAYI4KWIAAw_cs

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...