Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Volvo cresce nas vendas e nos resultados financeiros

The new Volvo XC90

A Volvo continua a apresentar uma toada positiva de crescimento mundial ao nível das suas vendas e dos seus resultados financeiros, com ganhos relevantes nos primeiros meses deste ano.

Assim, no primeiro trimestre do ano, o lucro operacional foi de 3.1 mil milhões de coroas suecas (aproximadamente 334.6 milhões de euros) enquanto a margem de lucro operacional foi de 7,5%. Já a receita líquida subiu para 41.7 mil milhões de coroas suecas (aproximadamente 4.5 mil milhões de euros) o que representa um crescimento de 24% quando comparada com 2015.

Estes resultados são justificados pelo aumento das vendas e pela composição do ‘mix’ das mesmas, com a margem a refletir desde logo o efeito positivo das vendas do novo XC90 que, nos primeiros três meses do ano, atingiu as 20.800 unidades comercializadas.

Com um total de 42.434 unidades vendidas, a Volvo Cars registou, em abril, um crescimento de 11,3% das suas vendas mundiais. Nos quatro primeiros meses do ano as vendas cresceram 11,80% quando comparadas com igual período no ano transato.

​Os Estados Unidos da América foram o mercado que apresentou maior aumento com as vendas a crescerem 33,1% em abril. Este crescimento foi bastante impulsionado pelas vendas do novo XC90 (6169 unidades), que é o modelo da Volvo de maior sucesso neste mercado.

A China foi o segundo maior mercado de vendas para a Volvo em abril com um total de 6280 unidades. Os modelos XC60 e S60L foram os mais importantes neste território.

Na Europa, as vendas cresceram 12,3%. A Suécia foi o principal mercado onde as 6635 unidades comercializadas representaram um crescimento de 10,3% em relação ao ano anterior. Outros mercados importantes foram a Alemanha, a França, o Reino Unido e a Holanda. O Volvo XC60 foi o modelo mais vendido na Europa, enquanto o novo XC90 justificou a maior parte do crescimento mensal.

Em Portugal, após o melhor mês de sempre de vendas da Volvo Cars, registou-se, em abril, uma ligeira quebra em relação ao ano anterior. No entanto, nos primeiros quatro meses de 2016, a Volvo já registou 1535 matrículas no nosso país, o que representa um acréscimo de 22,2% quando comparado com o período homólogo.

“Esperamos um crescimento das nossas vendas ao longo do ano, devido, principalmente ao XC90, com um ano completo de produção. Na segunda metade do ano iniciaremos as vendas do S90 e V90 que também contribuirão para este aumento. Baseado neste crescimento das vendas antecipamos, apesar dos custos de lançamento associados aos novos modelos, um crescimento dos nossos resultados operacionais nos próximos anos. O novo XC90 é a prova de que os clientes estão a apreciar o que vêm de novo – 1 em cada 5 novos Volvo vendidos no primeiro trimestre foi um XC90. Revelámos, também neste trimestre, os novos S90 e V90 e esperamos que estes carros tenham também um impacto positivo nas vendas”, indicou Håkan Samuelsson, Presidente e CEO da marca Sueca.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...