Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Hyundai Tucson é que mais ganha em quota de mercado; Volkswagen Golf é o que mais vende

hyundai tucson (6)

O mercado automóvel Europeu continua a ser pautado pela subida de importância dos SUV, pertencendo a este segmento uma subida de 25% no cúmulo do primeiro trimestre de 2016, comparativamente ao mesmo período do ano passado. Os dados são apresentados pela JATO Dynamics.

Com efeito, reforçando a relevância dos SUV na Europa, sete dos dez principais ‘conquistadores’ de quota no mercado Europeu foram modelos desta tipologia com o novo Hyundai Tucson a impor o ritmo e a obter quase 1% do mercado após uma forte procura nos mercados Britânico, Alemão, Italiano e Irlandês.

Atrás do modelo Sul-Coreano ficaram o Renault Kadjar (que em Portugal continua sem ser comercializado devido à questão de classificação nas portagens) e o Suzuki Vitara. O modelo Francês contou com 0,84% de ganho na quota, sendo o mercado ‘caseiro’ aquele onde mais se vendeu no primeiro trimestre – 30%. Além do Tucson, Kadjar e Vitara, também os Fiat 500X, Mercedes-Benz GLC, Mazda CX-3 e BMW X1 apresentaram um crescimento assinalável em termos de quota de mercado nos três primeiros meses.

Nesse período, a Opel teve também um desempenho bastante positivo, com dois dos seus modelos a entrarem na lista dos dez automóveis que mais ganharam em termos de quota – pertencendo ao Karl e ao Astra ganhos significativos. O outro modelo entre os dez ‘vencedores’ do trimestre foi o Skoda Superb.

Chart-2-2

 Golf lidera, mas perde quota

Ainda assim, no que diz respeito aos dez modelos mais vendidos nos três primeiros meses do ano, a primazia continua a ser colocada no Volkswagen Golf, que volta a ostentar o epíteto de modelo mais vendido na União Europeia (UE). Contudo, numa comparação homóloga, o Golf caiu 2% face ao primeiro trimestre de 2015, para 130.400 unidades matriculadas.

Tendência semelhante apresentou o Ford Fiesta, cuja queda foi ligeiramente maior, de 4%, mas não foi o único modelo de segmento B a cair, uma vez que também o Renault Clio perdeu 3% e o Opel Corsa 6%. Estas quedas refletem, de certa forma, a movimentação de clientes do segmento dos utilitários (B) para o dos SUV (B e C). O Volkswagen Polo foi o único do top 5 a registar uma subida (de 3%), ficando em terceiro lugar atrás do Fiesta.
Clio e Corsa ocupam a quarta e quinta posição, enquanto o Peugeot 208 foi um dos principais ganhadores do primeiro trimestre, com uma subida de 13% face ao mesmo período de 2015, valendo-lhe assim o sexto lugar no top 10 dos mais vendidos.

21

Seguem-se Nissan Qashqai (o SUV mais vendido na Europa, mas com uma subida de apenas 1%) e Opel Astra, que ganhou 30%, mas que em relação ao ano passado tem de ser comparado com a geração anterior que se encontrava já em fase final de comercialização. Ford Focus e Skoda Octavia completam o top 10 dos mais vendidos no primeiro trimestre.

“Os SUV continuam a apresentar um forte crescimento à custa dos segmentos tradicionais. Os resultados do primeiro trimestre mostram uma tendência nítida dos clientes Europeus de mudança dos compactos, utilitários e MPV para os SUV pequenos e compactos”, referiu Felipe Muñoz, Analista Automóvel da JATO Dynamics.

Ler Mais

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...