Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Parceria entre a FCA e a Google está apenas no começo

John Elkann, marchionne

A recém-anunciada parceria entre a Fiat Chrysler Automobiles (FCA) e a gigante da tecnologia Google está apenas no seu início, de acordo com o presidente da companhia automóvel, Sergio Marchionne. O Italiano referiu no evento que marcou o início de produção do monovolume Chrysler Pacifica que este foi apenas o primeiro passo na parceria entre as duas empresas, centrando-se no desenvolvimento de soluções tecnológicas para a implementação de condução autónoma.

“Esta primeira fase das operações tem um objetivo muito concreto. É pensada para levar a tecnologia da Google para dentro do nosso monovolume. É muito, muito focado. Existe um objetivo muito claro e um prazo muito nítido. O que vai acontecer a partir daqui? Vamos ver”, referiu Marchionne em declarações reproduzidas no site AutoNews. Para o CEO da FCA, a intenção é progredir na parceria entre as duas partes, procurando levar ao desenvolvimento de novas tecnologias dedicadas.

Ao abrigo do acordo anunciado na semana passada, a Google terá acesso a 100 unidades do Chrysler Pacifica Hybrid para desenvolver a tecnologia de condução autónoma, algo que Marchionne sugere que deve ser feito por quem tem maiores capacidades para tal. Ainda assim, o Italiano garante que ainda existem arestas por limar no acordo com a Google, como no que diz respeito à propriedade e análise dos dados e da tecnologia, mas mostra determinação em dar o primeiro passo.

“Existem muitos assuntos por resolver. O mais importante é: qual é o modelo económico que, em última instância, determina a partilha dos atributos deste novo modelo? Quem fica com o quê desta experiência? Não tenho uma resposta, mas se não começarmos a explorar a situação nunca saberemos”, explicou.

pub


OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...