Notícias actualizadas ao minuto sobre o sector automóvel

Pagani Huayra BC sem medo do frio sueco

huayra bc

O mais potente Huayra da Pagani quer acabar com os estereótipos dos ‘frágeis automóveis italianos’ e decidiu testar-se em ambiente agreste: o frio extremo da Suécia.

Apesar de apresentado em março, a fabricante italiana acaba de lançar um novo vídeo com um Huayra a ser testado no meio da neve sueca, onde os sistemas da ABS e ESP da Bosch puderam ser testados.

“A filosofia dos nossos veículos é uma combinação entre arte e ciência, tecnologia e design, performance e segurança”, afirmou Horacio Pagani, fundador e proprietário da marca que não deixou de elogiar a parceria com a Bosch.

Apresentado no Salão de Genebra em março, o Huayra BC já estava indisponível para venda: as suas 20 unidades esgotaram num ápice, mais de 2,3 milhões de euros cada.

O Pagani Huayra BC – ‘BC’ em homenagem a Benny Caiola, um dos primeiros clientes da marca – conta com um V12 biturbo de 6.0 litros, vindo da alemã AMG, e desenvolve 789 cv com um binário máximo de 1.098 Nm.

A caixa é de sete relações AMT (transmissão manual automatizada) desenvolvida pela Xtrac, o sistema de escape é de titânio e a suspensão em alumínio, tem jantes de 20 e 21 polegadas com pneus Pirelli e os travões Brembo são em carbo-cerâmica.

A perda de peso em 132 kg em relação ao modelo base tem uma explicação simples: foi utilizada uma fibra de carbono específica que é 50% mais leve e 20% mais forte do que as fibras de carbono convencionais – o que faz que a relação potência-peso seja superior aos McLaren P1 e Porsche 918 Spyder…

 

[youtube height=”HEIGHT” width=”WIDTH”]PLACE_LINK_HERE[/youtube]

Ler Mais
OUTRAS NOTÍCIAS
Comentários
Loading...

Multipublicações

Human Resources
Estas profissões vão desaparecer já a partir deste ano. Saiba se a sua é uma delas
Marketeer
O Boticário lança perfumes criados com a ajuda de IA